Divulgação

Divulgação

A cena do rock autoral joinvilense fervilha, cheia de bandas boas (novas e veteranas), e está mais uma vez empenhada em deixar de ser invisível para a maioria do público. Uma iniciativa louvável nesse sentido é a Quinta Independente, que começa nova temporada neste dia 9, no Porão da Liga Pub. Serão cinco edições até o final do ano, totalizando 20 bandas no palco, algumas delas de fora de Joinville, o que abre ainda mais o leque para quem deseja conhecer a música feita por estes lados.

O projeto nasceu em 2016, como Terça Independente e sediado no Bovary, pelas mãos do músico Lauro Brandão. Ali, foram 11 edições, com público médio de 120 pessoas.

“A cena vive um momento de pluralidade. Muitas bandas surgindo, muitas bandas produzindo e produzindo com qualidade. Percebendo esse momento efervescente, elas, numa atitude organizada e de conciliação, têm provocado espaços em casas diferentes e com formatos diferentes. Todo mundo sai ganhando, especialmente o público”, observa Brandão.

Ele deixou o projeto em função de outras atividades, mas continua abraçado a causa. Tanto que é um dos “cabeças” do Autorama, que acontece mensalmente no Didge (a próxima edição é no dia 21). Segundo Lauro, outros dois projetos focados no rock autoral podem surgir nos próximos meses.

Quanto à Quinta Independente, ela agora está nas mãos de Marcelo Erzinger, Evandro Vieira e Luciano Cavichiolli, com apoio de Tiago Pereira.

“Acho fundamental para as bandas mostrarem seus trabalhos. Mas é necessário um cenário permanente para que isso se torne algo sólido, tornando a cena cada vez mais forte”, acredita Erzinger.

Programação
9 de agosto – Bento Leão, Bomfim (foto no alto), Cachorro do Mato e Fevereiro da Silva
6 de setembro – Red Phone Pills, Blasè, Adorável Clichê (Blumenau) e Voluttà
4 de outubro – Inverted Colours (Jaraguá), Fugoz, Aloudream e Flamas
8 de novembro – Sylverdale, Corrosiva, Dr. Danasa e Commando 47
6 de dezembro – Somaa, Bonsai, Rec on Mute (Jaraguá) e Mosaico Adulto