O filme principal da noite é “Farinhada”, de Gaivota & Maçarico Filmes | Foto Divulgação
O filme principal da noite é “Farinhada”, de Gaivota & Maçarico Filmes | Foto Divulgação

A Escola Básica Municipal de Florianópolis Maria Tomázia Coelho, no Santinho, promove nesta terça-feira (14), às 19h30, a sessão inaugural do Cineclube MTC. O evento, do núcleo de cinema da unidade, tem o objetivo de proporcionar à Comunidade Escolar momentos de encontro, cultura e lazer.

Serão apresentados três filmes relacionados ao universo da cultura açoriana. Os curtas-metragens de abertura “Pesca Consciente”, feito em 2017, e “Vai ter Peixe Amanhã?”, primeiro trabalho do núcleo, gravado em Florianópolis e Itajaí em 2013 e 2014, foram produzidos por estudantes da escola.

O filme principal da noite é “Farinhada”, de Gaivota & Maçarico Filmes. Após a exibição das obras haverá uma roda de conversa com os produtores. Com entrada gratuita, o evento é aberto ao público.

Este ano, as turmas estão trabalhando com o eixo norteador Cultura da Paz, como combate ao bullying e preconceitos, respeito às diferenças e aos animais, entre outros assuntos. Eles podem trabalhar com animação, a partir de aplicativos, massinha de modelar ou até desenhos.

Confira as produções

Pesca Consciente

Em "Pesca Consciente" os alunos usaram o utilizando o aplicativo Stop Motion para celular | Foto Divulgação

A partir da necessidade de experimentar novas ferramentas que surgem na linguagem contemporânea e utilizando o aplicativo Stop Motion para celular, os estudantes buscaram explorar novas formas de criação no espaço tridimensional utilizando elementos e situações de seu cotidiano.

Vai ter Peixe Amanhã?

Documentário “Vai ter Peixe Amanhã?” tem como pano de fundo a pesca da Tainha | Foto Divulgação

O documentário tem como pano de fundo a pesca da Tainha, entrevista pescadores artesanais, representantes do poder público e empresariado que apresentam sua visão sobre sustentabilidade pesqueira.

Farinhada

Filme “Farinhada” mostra que a farinha de mandioca está sempre presente na mesa do manezinho | Foto Divulgação

A fabricação artesanal da farinha de mandioca em um dos poucos engenhos ainda existentes na praia do Santinho. Herança cultural deixada pelos povos indígenas que habitavam a ilha, a farinha de mandioca está sempre presente na mesa do manezinho: vai bem com café preto, com melado e melancia, com peixe frito e com feijão. Foi apresentada aos açorianos quando aqui chegaram e uma vez incorporada à sua alimentação, passou a ser produzida por eles em maiores quantidades em engenhos.

Com a chegada de novas tecnologias, a industrialização e rigorosos padrões de higiene, muitos engenhos foram abandonados ou mesmo queimados por seus donos. Ainda se produz farinha de mandioca na ilha, sempre muito fina e saborosa, é guardada de um ano para o outro para consumo da família. Gravado no engenho do Seo Pepo e no Engenho do Zé.

Fazendo arte

O Núcleo de Cinema da Escola Municipal Maria Tomázia Coelho iniciou suas atividades em 2013 para oferecer aos educandos a aprendizagem de novos conhecimentos por meio da produção e exibição de audiovisuais.

Inicialmente, as aulas de produção eram dentro da grade dos estudantes, mas o interesse dos jovens fez com que houvesse a necessidade de criar uma oficina para o núcleo. Atualmente, o projeto é aberto para estudantes de 5º ao 9º ano.

Para quem quiser acompanhar os trabalhos da garotada, as produções estão disponíveis no blog do núcleo de cinema: http://nucleodecinemamtc.blogspot.com/.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?