Rodrigo Domit lança livro na Bienal Internacional

Divulgação

Por: Pedro Leal

16/10/2023 - 15:10 - Atualizada em: 16/10/2023 - 15:29

O escritor paranaense Rodrigo Domit reside há dez anos em Jaraguá do Sul e vai lançar seu novo livro de poesias no domingo (29), das 13h às 17h, na Bienal Internacional do Livro de Jaraguá do Sul, no Centro Cultural Scar e Cejas. “Coisa Pouca” reúne poesias curtas e profundas, algumas delas aclamadas em concursos no Brasil e no exterior. É o caso da poesia “Curiosa”, reverenciada no 19º Concurso de Poesias Helena Kolody, e “Ao Vento”, selecionada no Concurso Internacional de Poesias da Casa de Espanha.

O livro trata de assuntos do cotidiano. De acordo com o autor, a ideia foi captar a essência de alguns momentos que, de certa forma e em diferentes medidas, são experienciadas por todas as pessoas ao menos uma vez na vida. “O livro é inspirado nos momentos de alegria, paixão, emoção, desilusão. Para mim, ele dialoga sobre relacionamentos com pessoas, com sonhos, com a solidão. Ao ler o livro, espero que as pessoas se sintam abrindo suas próprias caixinhas de memórias”, destaca Domit.

O autor ainda ressalta que “Coisa Pouca” conta histórias, com começo, meio e fim. Mas não apenas isso. “Também tem recomeços, fins e meios. É um tratado sobre insistir em amar- e também se deixar ser amado- apesar de tudo aquilo que a vida nos impõe”, completa Domit.

A poeta finalista ao Prêmio Jabuti em 2022 e editora do livro, Jéssica Iancoski, salienta a habilidade de Domit em condensar, em cada detalhe, significado e profundidade. ”Seus poemas são como pequenos universos em si, repletos de nuances e reflexões. O leitor é convidado a se perder nesse imenso universo de poucas palavras, onde cada linha expõe o nosso descaso com poesia que paira livre no mundo”, afirma.

Divulgação

Esse é o terceiro livro publicado por Domit. Sua primeira obra, o “Colcha de Retalhos”, é uma coletânea de microcontos, aforismos e prosas poéticas que abrangem temas e estilos diversos. Seu segundo livro, “Ruínas da Consciência”, reúne a produção do autor no período em que morou no Rio de Janeiro, retratando a realidade dura e complexa dos grandes problemas sociais. “Coisa Pouca” é a primeira obra do escritor que reúne um grande período de produção, cerca de 15 anos, porém com um enfoque mais específico. Também marca o retorno do autor a uma poesia suave e reflexiva. “É uma obra mais coesa, que revela um amadurecimento de um estilo de escrita, um jeito meu de lidar com as palavras”, destaca Domit.

Um novo formato editorial

O livro “Coisa Pouca” é uma publicação da editora “Toma aí um Poema”, que nasceu inspirada no projeto “Concursos Literários”, criado pelo próprio Domit. O “Concursos Literários” é um blog de divulgação de certames literários do Brasil, de Portugal e dos demais países lusófonos. Trata-se de um projeto voluntário, que tem o objetivo de contribuir para democratizar as oportunidades de reconhecimento, exposição e visibilidade de escritores brasileiros.

Seguindo a mesma linha, a editora “Toma Aí Um Poema” foi criada com o propósito de fazer circular novos pontos de vista dentro da literatura brasileira. A editora não tem fins lucrativos e, por isso, abre mão dos direitos autorais para que o autor os possua por completo. A editora se mantém com o custeio, por financiamento coletivo, das atividades que envolvem a edição do livro. “Estamos incentivando a emancipação dos autores, em relação às editoras prestadoras de serviço. Acreditamos em um mercado editorial mais justo e sem exploração. Estamos construindo um modelo de publicação com base no sonho de que o autor possa vir a ser o principal beneficiado pelo seu trabalho”, destaca a editora Iancoski.

Domit foi selecionado em uma das chamadas realizadas pela editora. Só então soube que o seu projeto voluntário, “Concursos Literários”, influenciou o modelo adotado pela “Toma Aí Um Poema”. “Eu só descobri isso após a seleção do original na chamada promovida pela editora. Fiquei muito feliz por saber que o meu projeto inspirou uma editora que hoje eu admiro e tenho orgulho de fazer parte do catálogo”, afirma o escritor.

Além do livro de Domit, haverá o lançamento conjunto de dois outros livros da “Toma Aí Um Poema” na Semana Literária do Sesc 2023. São as obras “Políticas Pandêmicas, Hábitos Poéticos”, de Maria Vitória Rosana, e irreVERsível, da própria Jéssica Iancoski.

Mais do que as atividades envolvendo a edição de livros físicos, digitais e revistas, a “Toma Aí Um Poema” ainda atua como projeto social de acolhimento, incentivo e desenvolvimento da escrita e da leitura. Mantém um podcast de mesmo nome, com mais de 65 mil ouvintes somente no Spotify, o que o torna o maior de literatura falada no Brasil. Ainda promove diversas ações nas redes sociais. “Costumamos dizer que estamos entre a publicação independente e uma tradicional — posicionando-nos como uma parceira do autor para a criação do livro. Queremos contribuir e estimular a literatura gratuita e livre para todos”, finaliza Iancoski.

Serviço:

Lançamento do livro “Coisa Pouca”, de Rodrigo Domit

Data: 29/10, das 13h às 17h

Local: Bienal Internacional do Livro de Jaraguá do Sul – Centro Cultural Scar e Cejas

As informações sobre a Bienal estão disponíveis no instagram @bienaljaragua