Mais de 500 coralistas nos palcos de festival em Joinville

Divulgação/Coral Municipal de Jaraguá do Sul

Por: Pedro Leal

04/09/2023 - 08:09 - Atualizada em: 04/09/2023 - 10:39

Durante três dias, no fim de semana de 8 a 10 de setembro, os tons, as cores e os timbres do canto coral estarão novamente em cena. Depois de um intervalo de três anos, o Festival de Corais de Joinville chega à terceira edição, com uma ampla programação que contempla mostras (competitiva e não competitiva), oficinas e ensaios. O encontro musical é, ao mesmo tempo, uma oportunidade de integração e qualificação para os participantes, que serão acompanhados por regentes convidados, e um evento cultural sob medida para os apreciadores.

Dezessete grupos, de Joinville, Jaraguá do Sul, Itajaí, Balneário Camboriú e Florianópolis, se revezam nos quatro palcos que serão montados, na Sociedade Harmonia Lyra – ponto central do evento –, junto ao Museu de Arte de Joinville (MAJ), na Sociedade Lírica e na Praça Nereu Ramos. No total, serão mais de 500 coralistas presentes.

Os ingressos para a Harmonia Lyra já estão disponíveis pelo link www.eventbrite.com.br/e/3o-edicao-festival-de-corais-de-joinville-tickets-709764182777, a R$ 15. Os outros palcos serão abertos ao público, sem necessidade de ingresso. Na mostra competitiva, haverá premiação de R$ 8 mil, entre os três primeiros colocados. Os inscritos nessa modalidade vão apresentar três peças de livre escolha, com duração máxima de 15 minutos, além do tema do festival, que será entoado de forma coletiva.

À frente da organização, a Escola de Música Arte Maior, uma das mais reconhecidas da região, com cursos nas áreas de cordas, teclas, percussão, vocal, teoria e musicalização infantil, próxima de completar 35 anos. A Arte Maior é a responsável, há vários anos, pela programação de Natal da Harmonia-Lyra, com o evento que tem como ponto alto a apresentação de seu coral infantojuvenil, na sacada da instituição.

A musicista e regente Kátia Siqueira, fundadora da escola, foi procurada pelo idealizador do Festival de Corais, Guilherme Gassenferth, hoje secretário de Cultura de Joinville, convidando a escola a dar andamento ao evento, a partir deste ano. “Já era um projeto que queríamos propor”, revela Kátia. “O propósito da escola é consolidar o Festival de Corais de Joinville e promover um encontro musical de referência. Temos inúmeros corais em Santa Catarina e precisamos oportunizar mais experiência e crescimento para os grupos, para mostrar o trabalho de excelência realizado em nosso estado.”

Sobre os corais

Um dos participantes da mostra competitiva é o Coral Univali, ligado à Universidade do Vale do Itajaí. Fundado em 1982, o coral traz 20 integrantes a Joinville, além dos músicos acompanhantes. É formado por instrumentistas, acadêmicos, funcionários e voluntários, sob a regência da professora Cristiane Müller. José Ricardo Capraro, da coordenação de Arte e Cultura da Univali, comenta que a formação do coral é de caráter multidisciplinar, vinculada à Vice-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão. O grupo trabalha com repertório popular, focado no desenvolvimento da cultura musical e na difusão da arte.

“O Festival de Corais desempenha um papel vital no aprimoramento dos coralistas e na promoção de um contato enriquecedor com o público”, aplaude Cristian Gonçalves, regente do Coral ABARÉ, de Florianópolis, que também se prepara para vir a Joinville. “Participar de um festival como esse oferece uma oportunidade para os integrantes do coral se desafiarem e crescerem artisticamente, além da troca de experiência musical.”

Programação no palco central, da Harmonia Lyra

Sexta, 8 de setembro (mostra não competitiva), das 20h às 22h

  • Coral Arte Maior
  • Coral Bom Jesus Ielusc
  • Coral Somos Um Joinville
  • Coral Municipal Jaraguá do Sul
  • Coral Vozes do Parkinson
  • Coral Infantojuvenil Arte Maior (avançado)

Sábado, 9 de setembro (mostra competitiva), das 20h às 22h

  • Coral Univali
  • Coral Abaré
  • Coral Vozes em Harmonia
  • Coral da Onda
  • Coral Unisul

Domingo, 10 de setembro (mostra não competitiva, apresentação final e premiações), das 14h às 17h30

  • Coral Vozes do Amanhã
  • Coral Bolshoi
  • Coral Juvilla
  • Coral Infanto-juvenil Arte Maior (iniciante)
  • Coral Fiesc
  • Coral Alesc

Palcos abertos: Nereu Ramos e MAJ, sábado, das 10h às 17h; Lírica, domingo, das 10h30 às 12h