Bienal Internacional do Livro é destaque da agenda cultural de SC

Divulgação/Acijs

Por: Pedro Leal

19/10/2023 - 14:10 - Atualizada em: 19/10/2023 - 14:27

A Bienal Internacional do Livro de Jaraguá do Sul tem largada nesta quinta-feira (19), às 19 horas, no Centro Cultural da SCAR, abrindo uma agenda que promete entretenimento, diversão e geração de conhecimento.

Durante os próximos 11 dias, o evento reúne uma programação diversificada, para todos os públicos, com atividades que vão além do universo das páginas impressas.

Assuntos como inteligência artificial, saúde mental, diversidade e gestão de pessoas, estarão em evidência ao lado de romances, obras de ficção em atividades como encontros com autores, lançamentos e vendas de livros, apresentações teatrais e de música ou contação de histórias.

A palestra de abertura dá uma ideia da pluralidade proposta pela Bienal Internacional do Livro, trazendo a Jaraguá do Sul a influenciadora Nathália Rodrigues de Oliveira, para falar sobre o assunto que a tornou conhecida como Nath Finanças, e referência em conteúdos focados em educação financeira para pessoas de baixa renda.

Além dela, Jaraguá do Sul terá ainda oportunidade de conhecer de perto diversas personalidades brasileiras influentes no mundo dos livros e da cultura, ou do mundo corporativo, que nunca antes estiveram na região: a conselheira empresarial Clarice Martins Costa, o psicanalista Christian Dunker. a pesquisadora em áreas de negócios Martha Gabriel, e Alê Garcia, fundador do hub de cultura negra Casablack.

Para celebrar a presença da etnia húngara na região, o evento vai reverenciar a carreira e obra do escritor Sandor Lenard, que viveu seus últimos anos no interior de Santa Catarina, além de contar com as presenças de autores húngaros vão promover trocas culturais ao vivo com o público. O sociólogo András Szántó, um dos mais importantes consultores em arte e museus do mundo, virá direto de Nova Iorque para uma palestra exclusiva e Krisztina Tóth, multipremiada e uma das principais autoras húngara da nova geração, com mais de 30 livros publicados.

Todas as atividades da Bienal Internacional do Livro são gratuitas e vão ocorrer no Centro Cultural e no Centro Empresarial – Confira a agenda completa em www.bienaljaragua.com.

Acis destaca importância do evento para a região

Para a presidente da Acijs, Ana Clara Franzner Chiodini, trata-se de um evento grandioso que traz impactos positivos em várias áreas. “Uma agenda com atividades gratuitas para todas as idades e temas diversos que fazem uma conexão entre cultura e empreendedorismo, importantes para a comunidade. O resgate aos autores húngaros, por exemplo, homenageia uma etnia que representa muito à nossa cultura, seja nas tradições culturais ou em outros eixos da nossa economia”, comenta.

Além da relevância cultural, a Bienal Internacional do Livro é também mais uma demonstração da integração e do envolvimento empresarial em Jaraguá do Sul, sempre somando esforços com o poder público e outras entidades organizadas da sociedade civil, como nesse caso, a SCAR.

Em 2023, quando a Acijs comemora 85 anos de existência, estar integrado a um projeto como a Bienal Internacional do Livro, é ponto relevante na história da entidade. “Estamos sempre buscando apoiar projetos e pautas relevantes da comunidade, como a cultura e a educação, que geram desenvolvimento sustentável econômico e social na nossa região”.

A Bienal Internacional do Livro é uma realização da Design Cultural, SCAR e Acijs.

A iniciativa tem ainda com patrocínio das empresas: Havan, Malwee, Indumak, Urbano. Tirol, Lunelli, Zanotti, Bold, Live, Condor e Maahs. Também conta com apoio municipal, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Jaraguá do Sul, da Prefeitura de Jaraguá do Sul. A promoção é do Programa de Incentivo à Cultura, através da Fundação Catarinense de Cultura, do Governo do Estado de Santa Catarina.