Via Verde é liberada para a passagem de veículos; promotor destaca papel ambiental do parque

Foto: Divulgação/PMJS

Por: Elisângela Pezzutti

05/10/2023 - 16:10 - Atualizada em: 05/10/2023 - 17:24

A Rua Prefeito Victor Bauer, no Parque Linear Via Verde, localizado no Bairro Ilha da Figueira, foi reaberta para a passagem de veículos nesta quinta-feira (5). A liberação da pista ocorreu após o mutirão de limpeza que iniciou às 5h, com 60 profissionais que removeram o material acumulado na pista de rolamento e ciclovia. “Caso haja risco de novas cheias estaremos preparados para fechar novamente. Vamos torcer para que não seja necessário”, destacou o diretor de trânsito, Gilmar Marietto.

Foto: Divulgação/PMJS

Prefeito e promotor visitam parque

O prefeito de Jaraguá do Sul, Jair Franzner, acompanhado pelo promotor da 1ª Promotoria de Justiça, Alexandre Schmitt dos Santos – que atua na área de meio ambiente na microrregião – esteve no Parque Linear Via Verde na manhã desta quinta-feira (5), acompanhando os trabalhos de limpeza do local após as fortes chuvas registradas no município.

Foto: Divulgação/PMJS

As duas autoridades aproveitaram para conversar sobre as tratativas que resultaram na implantação do parque linear, desde as primeiras conversas, até a execução do projeto e os benefícios da obra para a população, tanto na questão do espaço público de lazer, quanto na finalidade principal de servir como um “depósito” de água das enchentes, evitando alagamentos em outras regiões.

O promotor lembrou das discussões sobre aproveitar os ‘vazios urbanos’ existentes em margens de cursos d’água para implantação de parques lineares. “A ideia dos parques lineares é uma coisa difundida, que funciona muito bem, não foi nenhuma invenção aqui de Jaraguá do Sul”, destacou.

Alexandre Schmitt dos Santos ressalta que há cerca de 15 anos foi montado um grupo de trabalho para mapear as áreas de inundação em Jaraguá do Sul e regulamentar as restrições de uso dessas áreas para aterro. A partir daí, começaram a ser discutidas alternativas, surgindo a ideia de transformar estes locais em parques lineares, de forma que as cheias dos rios não causassem grande estragos.

“Sendo assim, o rio ao sair do seu nível normal, tem essas áreas de escape da água de enchente e, a partir do momento em que as águas recuam, essas áreas podem ser novamente utilizadas pela população, após a devida limpeza. Exatamente o que ocorre aqui na Via Verde agora”, explica o promotor.

Segundo ele, o real objetivo do parque Via Verde é diminuir o problema das inundações em Jaraguá do Sul, permitindo que mais água das inundações acumulem nessa região.

“Ele foi projetado, construído para receber água das enchentes. Se observarmos os equipamentos públicos aqui, mesas, bancos, são todos de concreto, justamente, para que não sejam danificados e após limpos, sejam perfeitamente reutilizados pela população.”

O prefeito Jair Franzner acrescentou que, ao cumprir com sua finalidade, o parque linear está evitando grandes transtornos em outras áreas.

“O projeto foi bem feito, aprovado e estamos estudando esta alternativa para outras regiões também”, comentou.

O promotor Alexandre Schmitt destacou, também, o relatório que solicitou a Defesa Civil sobre os índices pluviométricos dos últimos anos. No documento entregue a ele, ficou constatado o resultado positivo dos investimentos feitos em obras de prevenção de enchentes.

“Este trabalho já se mostra, hoje, temos bem menos impactos dos acumulados de chuvas no município. É importante salientar a população, que o Parque Linear Via Verde inundado, cumpre sua função, a água espraia e escoa, evitando alagamentos em outros pontos.”

Foto: Divulgação/PMJS

 

 

Notícias no celular

Whatsapp