Tsunami meteorológico, incomum e de difícil previsão, foi o que atingiu a Praia do Cardoso, em Laguna

Imagens: Reprodução / Divulgação

Por: OCP News Criciúma

11/11/2023 - 19:11 - Atualizada em: 12/11/2023 - 09:44

Na tarde deste sábado, por volta das 16h, o mar avançou em direção ao continente na Praia do Cardoso, em Laguna, Litoral Sul catarinense.

Este fenômeno que ocorreu é conhecido como tsunami meteorológico. É de difícil previsão e sua ocorrência não é muito comum de ser observada, informou a Defesa Civil de Santa Catarina.

Geralmente ele ocorre atrelado a algum sistema meteorológico como linhas de instabilidade, que foi o que aconteceu hoje. Não havia previsão de mar agitado, nem de alagamentos costeiros na costa de SC, porém a passagem desta linha de instabilidade pelo Litoral Sul provocou o fenômeno de tsunami meteorológico.

As linhas de instabilidade são formadas por células de tempestades aproximadamente contínuas dispostas de forma alinhada. Quando passam paralelas à costa, podem gerar mudanças bruscas de pressão atmosférica e rajadas de vento intensas que colaboram para o avanço da água do mar em direção à praia.

Imagens da ocorrência do Tsunami Meteorológico na Praia do Cardoso, em Laguna, no Litoral Sul de SC.
Fonte: Defesa Civil de SC

“Pulsos” de pressão

As linhas de instabilidade provocam “pulsos” de pressão atmosférica que se propagam perturbando as águas da plataforma continental, que por sua vez tem velocidade de propagação muito próxima à velocidade de avanço da linha de instabilidade, possibilitando uma ressonância quase perfeita entre a atmosfera e o oceano.

Assim, a altura da onda é amplificada e ao se propagar em direção à costa pode se amplificar ainda mais, atingindo alguns metros de altura em um curto período de tempo (minutos), o que provoca uma subida rápida de maré podendo ocasionar ressaca e inundações costeiras.

Reprodução Defesa Civil de Santa Catarina

O alcance da inundação dependerá da inclinação da praia e da presença ou não de dunas. Em praias quase planas e voltadas para o quadrante sul, como o ocorrido em Laguna, a inundação pode alcançar dezenas a centenas de metros nas áreas costeiras.

Assista aos vídeos

A Defesa Civil reitera a necessidade de acompanhar diariamente os avisos e boletins de previsão do tempo devido às constantes atualizações nos modelos meteorológicos.

 

 

 

 

Fonte: Defesa Civil de Santa Catarina