Tânia Eberhardt assume a Secretaria de Saúde de Joinville

Foto: Prefeitura de Joinville

Por: OCP News Joinville

24/04/2023 - 14:04 - Atualizada em: 24/04/2023 - 14:11

Nesta segunda-feira (24), Tânia Eberhardt assumiu o comando da Secretaria de Saúde de Joinville. O cargo, antes, era era ocupada por Andrei Kolaceke.

A cerimônia ocorreu no Centro de Atendimento ao Cidadão e teve a participação de dezenas de pessoas entre servidores, secretários municipais, autoridades do legislativo, o prefeito Adriano Silva e a vice-prefeita Rejane Gambin.

 

 

“Agradecemos ao Andrei que fez um grande trabalho num momento pós-pandemia, quando foi preciso reorganizar a Secretaria da Saúde. A Tânia chega com todo seu conhecimento para reforçar a saúde, principalmente nas nossas Unidades Básicas, UPAS e PA, para que os joinvilenses tenham diariamente um atendimento com toda a estrutura necessária”, afirma o prefeito de Joinville, Adriano Silva.

Para Tânia Eberhardt, a missão como secretária da Saúde é reestruturar os serviços que foram afetados pela pandemia, quando todos os esforços foram concentrados para tratar pacientes atingidos pela Covid-19. O foco, neste momento, é a atenção primária.

“É hora de arregaçar as mangas e trabalhar. E com muito diálogo. Primeiro com os servidores, que têm o Plano Municipal de Saúde para seguir. Queremos dar continuidade ao bom trabalho realizado pelo secretário Andrei e resolver aquilo que está faltando, que foi o que a pandemia nos tirou”, explica Tânia.

Andrei Kolaceke, que é servidor de carreira da Prefeitura, elogiou a qualidade da equipe da Secretaria da Saúde. “São pessoas incríveis. Trabalhando na Saúde, acreditamos cada vez mais no ser humano. É um time que faço parte e sempre estarei à disposição. A Saúde é uma causa, não apenas um emprego”, diz Andrei.

Foto: Prefeitura de Joinville

 

Desafios da Saúde

O prefeito Adriano Silva ressalta que o maior desafio da saúde pública é sempre o orçamento.

“Nossa cidade investe 40% do orçamento em saúde, enquanto na maior parte das cidades de grande porte esse número não passa de 22%. O município de Joinville custeia o Hospital São José praticamente sozinho, sendo que 30% dos atendimentos são de pessoas de fora da cidade. Lembrando que, desde 2008, não recebemos reajuste da tabela SUS, que paga os procedimentos realizados pela Secretaria da Saúde. E quem arca hoje com essa conta é o joinvilense, a cidade de Joinville”, aponta o prefeito.

 

Quem é Tânia Eberhardt

Tânia Eberhardt possui uma sólida carreira na área da Saúde, tendo atuado como secretária de Estado da Saúde de Santa Catarina, secretária Municipal da Saúde de Joinville e de Araquari e diretora do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt e do Hospital Municipal São José.

Foi vereadora de Joinville por dois mandatos (2004 a 2008 e 2009 a 2012) e secretária de Bem-Estar Social, além de ter atuado como servidora pública por mais de 35 anos.