Sexta com alerta de temporais com chuva intensa e volumosa e no sábado vem nova frente fria por aí

Foto: OCP News Criciúma

Por: OCP News Criciúma

17/11/2023 - 08:11 - Atualizada em: 17/11/2023 - 08:45

Nesta sexta-feira, uma área de baixa pressão atmosférica associada ao fluxo de calor e umidade do norte do país segue favorecendo a formação de áreas de instabilidade em Santa Catarina.

Há condições para temporais com chuva intensa e volumosa, principalmente na metade Sul do estado, com destaque para as áreas de divisa com o RS.

O risco é alto a muito alto para ocorrências como destelhamentos, danos na rede elétrica, queda de galhos e árvores, alagamentos, deslizamentos e enxurradas.

A temperatura máxima não passa de 20 graus em Criciúma, com pouca mudança para sábado.

Sábado

No sábado (18), a formação de uma nova frente fria mantém as instabilidades intensas na metade sul do estado entre a madrugada e a manhã.

No decorrer do dia, com o avanço deste sistema, as chuvas também ganham força nas demais regiões catarinenses. Há condições para temporais com rajadas de vento, chuva intensa e queda de granizo em todo o estado. Já a chuva volumosa deve ficar concentrada nas áreas de divisa com o RS.

O risco continua alto a muito alto para ocorrências associadas aos temporais e aos elevados volumes de chuva precipitados.

Domingo

No domingo (19), com o afastamento da frente fria, o tempo volta a ficar firme no estado. Apenas em áreas do Planalto e Litoral Norte ainda há condições para pancadas de chuva e temporais isolados, principalmente no início do dia.

O risco é baixo a moderado para ocorrências associadas aos temporais, mas continua alto para deslizamentos e inundações graduais em função do volumes de chuva precipitados nos dias anteriores.

Temperaturas ficam amenas pela manhã e sobem menos em comparação aos dias anteriores.

Tendência para os próximos dias

Na segunda-feira (20), uma alta pressão mantém o tempo firme em Santa Catarina, com temperaturas amenas pela manhã, mas voltam a subir à tarde, principalmente no Grande Oeste e Litoral Sul.

Na terça-feira (21), uma nova área de baixa pressão associada ao fluxo de calor e umidade favorece o retorno da instabilidade no estado.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Defesa Civil de Santa Catarina e Epagri/Ciram