Saiba quais cidades pequenas de SC e RS lideram em qualidade de vida para idosos

Foto: Imagem ilustrativa/Pixabay

Por: Elisângela Pezzutti

07/12/2023 - 14:12 - Atualizada em: 07/12/2023 - 14:59

O Índice de Longevidade (IDL) de 2023 revelou as melhores cidades para se viver após os 60 anos. Entre os municípios pequenos, com até 34 mil habitantes, as primeiras dez posições são ocupadas por cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, que se destacam pela qualidade de vida oferecida aos idosos.

Peritiba, em Santa Catarina, com uma população de 2.760 habitantes, lidera o ranking. Em seguida vêm Rodeio Bonito e Dois Lajeados, ambas no Rio Grande do Sul. Os outros municípios da lista são Boa Vista do Buricá (RS), Tunápolis (SC), Lacerdópolis (SC), Arroio Trinta (SC), São Martinho (SC), Caxambu do Sul (SC) e Lajeado Grande (SC).

Na categoria de cidades maiores, São Lourenço, em Minas Gerais, foi eleita a melhor cidade média para viver após os 60 anos. Nas grandes cidades, São Caetano do Sul, em São Paulo, ocupa a primeira posição, seguida por Vitória (ES), Santos (SP), Florianópolis (SC) e Curitiba (PR).

O IDL considera três variáveis principais para sua avaliação: economia, aspectos socioambientais e saúde. Esses critérios ajudam a definir as condições gerais de vida para a população idosa.

*Com informações do portal Terra