Procon alerta para golpes contra idosos na internet

Foto: Pixabay

Por: Pedro Leal

05/03/2024 - 15:03 - Atualizada em: 05/03/2024 - 15:42

O acesso às tecnologias proporcionou aos idosos as facilidades da vida moderna, mas também os expôs aos riscos de crimes cibernéticos. O registro de golpes pela internet aumentou consideravelmente, a medida em que os idosos passaram a ter mais acesso ao meio virtual. Em Jaraguá do Sul, são comuns as reclamações ao Procon de transações pela internet de aposentados e pensionistas do INSS.

São empréstimos consignados (descontados direto na conta), golpe do sequestro, repasse de valores por aplicativo, empréstimos com taxa abusivas e outros crimes virtuais. E na maioria das vezes as pessoas acabam ficando em situação muito difícil, psicológica e economicamente.

Para conscientizar essas pessoas, a Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação, com os técnicos do Procon, se reuniu nesta segunda-feira (4), com cerca de 40 coordenadores de grupos de idosos. O encontro ocorreu no Centro de Convivência Arnoldo Leonardo Schmitt. Foram repassadas informações sobre como identificar possíveis golpes pela internet e quais procedimentos devem ser adotados para evitar cair em armadilhas.

Também foi entregue um informativo impresso. “E nos colocamos à disposição para quaisquer encaminhamentos”, destacou o diretor do Procon local, Rodrigo Machado. “Via de regra, as pessoas não devem repassar informações pessoais à ninguém que não seja de sua confiança. E jamais fornecer dados bancários pela internet, nem assinar contratos sem discutir com os familiares e pessoas próximas”, completou.

Segundo dados do Procon, no ano passado em Jaraguá do Sul, foram registradas 300 ocorrências envolvendo idosos e pensionistas do INSS, que tiveram algum prejuízo relacionado a transações pela internet. E nos dois primeiros meses de 2024 já foram registradas 49 ocorrências.

No Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), em 2023, foram mais de 57,8 mil queixas registradas pelos Procons do país, referente ao Golpe do Empréstimo Consignado – o mais aplicado contra pessoas idosas.

Golpes contra idosos pela internet

1 – Golpe do consignado
Com os dados em mãos, os criminosos fazem empréstimos consignados no nome do aposentado que nem sabe que isso está acontecendo.

2 – Golpe da aposentadoria
Apesar de serem proibidos de fazerem qualquer tipo de publicidade para aposentados, algumas instituições financeiras descumprem essa regra e assediam livremente pessoas idosas. Muitos idosos são vítimas de crédito não solicitado ou são induzidos a informar dados que confirmam as operações involuntárias.

3 – Golpe do Meu INSS
Por meio dos dados roubados de aposentados e pensionistas, os golpistas acessam o aplicativo do Meu INSS e, a partir dele, fazem empréstimos dos mais variados no nome da vítima.

4 – Golpe com cartão de crédito
Entre os golpes que envolvem cartão de crédito. Em um deles, a vítima recebe um SMS (mensagem de texto) ou até um Whatsapp com alertas de compras de valor alto ou de que o cartão foi clonado. A pessoa responde, informa alguns dados e, o golpista pega essas informações e passa a usar o cartão da pessoa.

5 – Golpe do Whatsapp
O golpista, em um outro número de celular, muda a foto, o nome e a descrição no Whatsapp para um parente da vítima. Normalmente um filho ou um neto. Finge ser a pessoa e pede dinheiro urgente para ser pago por PIX.

6 – Golpe do falso sequestro
Uma pessoa liga ou manda mensagem de Whatsapp para a vítima e finge ser um parente que foi sequestrado. Pede um valor em dinheiro para liberar a pessoa.

7 – Golpe do delivery
Muito comum em datas comemorativas, aniversários, Natal, Dia das Mães, dos Pais, dos Avós, entre outros. Um entregador vai até a sua casa, fala que você recebeu determinado presente por algum motivo e diz que a pessoa só deve pagar a entrega. O problema é que esse pagamento deve ser feito pelo cartão de crédito. Ao pagar, a máquina está fraudada e passa um valor muito maior do que o dito pelo suposto entregador.

8 – Golpe da compra pela internet
Jamais faça compras em sites que não são conhecidos. Os bandidos podem clonar o seu cartão, pegar os dados e fazer empréstimos, receber o PIX e sumir com o dinheiro, entre outros golpes.

9 – Golpe do falso atendente de banco
Uma pessoa liga fingindo ser um atendente de banco, fala alguns dados da vítima, e ao ganhar confiança da pessoa, começa a pedir para confirmar algumas informações. O criminoso fala para a pessoa baixar um aplicativo ou clicar em um link.