Primeiro médico oftalmologista recebe título de cidadania honorária em Araranguá

Foto: Divulgação

Por: OCP News Criciúma

02/10/2023 - 21:10 - Atualizada em: 02/10/2023 - 21:46

A Câmara de Araranguá realizou sua primeira sessão de outubro, marcada por um momento especial: a aprovação do projeto de lei que concede o Título de Cidadania Honorária ao Dr. Evaldo Medeiros de Oliveira, o primeiro médico oftalmologista da cidade. O projeto, apresentado pelo presidente da casa, Luciano Pires, a pedido do ex-presidente Daniel Viriato Afonso, homenageia o médico pelos relevantes serviços prestados à comunidade araranguaense.

Com quase 50 anos de profissão, sendo mais de 40 deles dedicados a Araranguá, Dr. Evaldo é reconhecido não apenas por sua expertise na área oftalmológica, mas também por sua dedicação à cidade. Ele escolheu Araranguá em 1980 como seu local de atuação, sendo o primeiro oftalmologista a se estabelecer na região. A proximidade com sua cidade natal, Tubarão, e o desejo de servir a comunidade o trouxeram para Araranguá.

A trajetória de Dr. Evaldo é marcada por determinação e superação. Desde a infância, ele demonstrou talento e dedicação aos estudos, recebendo reconhecimentos por suas notas exemplares durante o ensino fundamental e médio. Essa determinação o levou a realizar o sonho de se tornar médico, apesar das adversidades financeiras, tornando-se bolsista e enfrentando obstáculos para completar sua formação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Em 1982, Dr. Evaldo casou-se com Nazaré Grechi, e da união nasceram os filhos Liana e Elton, ambos dentistas. Sua carreira como oftalmologista o levou a realizar mais de 500 mil atendimentos de pacientes no Sul de Santa Catarina e Norte do Rio Grande do Sul. Seu consultório, localizado no Edifício Osvaldo Cruz no Centro, funcionou como o primeiro centro médico da cidade e continua ativo.

Aos 73 anos, Dr. Evaldo Medeiros de Oliveira celebra não apenas sua longa carreira, mas também sua importância como pioneiro na oftalmologia em Araranguá e sua conexão profunda com a comunidade, que se tornou não apenas pacientes, mas também amigos ao longo dos anos. A homenagem com o Título de Cidadania Honorária é um reconhecimento merecido por sua dedicação à saúde ocular e à cidade que escolheu como lar.