Prefeitura de Criciúma promove encerramento do Projeto de Intervenção Pedagógica e de Alfabetização de 2023

Fotos: Divulgação/Decom

Por: OCP News Criciúma

17/11/2023 - 10:11 - Atualizada em: 17/11/2023 - 10:47

A Prefeitura de Criciúma, por meio da Secretaria Municipal de Educação, promoveu, no decorrer deste mês, encontros de encerramento do Projeto de Intervenção Pedagógica e de Letramento (Pipa) de 2023.

O programa, desenvolvido pela Administração Municipal, teve início em abril, contemplando sete encontros ao longo do ano e beneficiando os educadores da rede municipal de ensino de Criciúma.

O Pipa tem por objetivo promover ações voltadas ao processo de alfabetização e letramento na idade certa dos estudantes da rede municipal, tendo como público-alvo os pedagogos dos grupos VI da Educação Infantil e 1° e 2° anos do Ensino Fundamental.

No total, 36 professores apresentaram práticas e vivências que contribuíram para o avanço da alfabetização e letramento das turmas em que atuaram durante o ano letivo, possibilitando aos pedagogos presentes analisarem o desenvolvimento dos estudantes que produziram os trabalhos.

“As formações do Pipa oferecem ferramentas para o aprimoramento dos processos de ensino e de aprendizagem de nossas crianças, com destaque à alfabetização e ao letramento”, relata a coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Gislene Sala.

De acordo com Gislene, uma das ações do projeto foi envolver professores da Educação Infantil, em conjunto com os professores dos 1° e 2° anos da rede municipal.

“A leitura e a escrita são práticas sociais e as crianças também têm o direito de aprender, sempre por meio das brincadeiras e interações”, afirma.

As vivências apresentadas ao longo dos encontros incluem contação de histórias, jogos de alfabetização, letramento matemático, projetos de leitura, atividades inovadoras e materiais didáticos diferenciados. Os pedagogos refletiram sobre o seu trabalho em sala de aula, a fim de aprimorar ainda mais suas práticas pedagógicas, potencializando a alfabetização na idade certa.

É por meio das ações organizadas pelo Pipa que os educadores entendem de que forma as crianças aprendem a ler e escrever, definindo assim um método de ensino mais assertivo.

“Essa iniciativa mostra o empenho dos nossos professores em sempre buscar melhorias para as práticas pedagógicas, realizando diagnóstico e planejamentos que tem como objetivo promover aprendizagens significativas aos estudantes. O Pipa foi algo lançado nesse ano e tenho certeza de que fará a diferença no percurso formativo do ciclo de alfabetização”, conta o secretário municipal de Educação, Celito Cardoso.