Pico Malwee: para apreciar a beleza de Jaraguá do Sul

Foto: Fábio Junkes

Por: Elissandro Sutil

01/08/2022 - 16:08 - Atualizada em: 23/05/2024 - 13:27

O Instagram e a “hashtag” #picomalwee dão a exata medida do encanto que esse morro se tornou como atração turística tanto para quem mora em Jaraguá do Sul quanto para quem passa para visitar. As opiniões são unânimes: que vista mais linda, que pôr do sol incrível. São mais de 1.000 menções, mostrando a beleza do nascer do sol, vista panorâmica de Jaraguá do Sul e uma série de outros atrativos encantadores.

Pico Malwee

Como o próprio nome sugere, o Pico Malwee está em uma área particular e toda sua estrutura também é privada, apesar de disponível gratuitamente para a comunidade. Sua criação foi uma iniciativa do empresário Wander Weege, do grupo Malwee, responsável também pelo Parque Malwee, um dos lugares mais bonitos e visitados de Jaraguá do Sul.

O Pico Malwee já era frequentando por praticantes de voo livre, ciclismo e caminhadas, mas foi em 2020 que ganhou toda uma estrutura que facilita a vida de quem quer apreciar a magnífica vista, ou vistas, dependendo do ângulo. Para ter esse privilégio visual, basta acessar o mirante, uma estrutura suspensa, totalmente segura, com chão de vidro na ponta. Uma pitada de emoção nas alturas.

Para tornar o lugar um ambiente propício para a visitação, foram instalados banheiros, 19 choupanas com churrasqueira, energia elétrica, água corrente e mesas. Tudo perfeito para quem deseja passar um dia inteiro lá apreciando o barulho que a natureza oferece (e esquecer o “batidão”, pois o local não permite equipamentos de som), além de dois mirantes. O Pico Malwee ocupa uma área de R$ 1,4 milhão de metros quadrados e está a uma altura de 550 metros acima do nível do mar.

Além de toda a beleza da vegetação de mata atlântica, é possível encontrar algumas lhamas no local. Não, você não leu errado: as lhamas, animais típicos das regiões andinas, na América do Sul, agora também podem ser vistas no Parque Malwee graças aos exemplares trazidos pela família Weege.

Outro atrativo são as esculturas espalhadas pela área, fruto do trabalho de diversos artistas, vindos de diversas cidades, que ali mesmo reuniram ferramentas, técnica e inspiração para transformar diversos tipos de material em obras que enchem os olhos.

Asfalto

È possível subir a pé, por uma trilha bastante íngreme, ou de carro, por estrada de terra. Mas em breve, a subida se tornará mais fácil, à pavimentação da rua de acesso, que deve ocorrer em breve.

Serviço

Acesso pela rua Domingos Vieira (Barra do Rio Cerro)

Horário: das 7h às 18h, todos os dias da semana

Notícias no celular

Whatsapp