Parque Estadual Acaraí celebra 18 anos de existência no município de São Francisco do Sul

Imagem: Adrio Centeno/IMA

Por: Pedro Leal

20/09/2023 - 14:09 - Atualizada em: 20/09/2023 - 14:11

O Parque Estadual Acaraí está completando a maior idade no próximo sábado, 23. Localizado no município de São Francisco do Sul há 18 anos, a unidade representa uma conquista para todos os catarinenses, ao considerarmos que a Mata Atlântica é um dos biomas mais ameaçados do planeta e, por isso, as ações para sua preservação, recuperação e restauração são prioridades nas políticas de conservação de biodiversidade no estado.

Para celebrar a data, o parque fará o lançamento oficial da obra da Sede Administrativa e do Centro de Visitantes. “A construção do Centro de Visitantes do Parque Acaraí é um sonho antigo de todos que estão ligados à preservação ambiental no município de São Francisco do Sul”, comenta o coordenador do parque, Bruno Pesserl.


Imagem Ilustrativa do projeto da Sede Administrativa e do Centro de Visitantes

No local haverá um auditório, hall de exposições, espaço de convivência, loja, café e mirante, além da Sede Administrativa e Espaço de Pesquisas com laboratório e alojamentos. “Esperamos fazer uma grande contribuição com a educação ambiental do município, e com a qualificação do turismo sustentável nas nossas praias”, conclui o coordenador.

A unidade possui uma área aproximada de 6.667 hectares, na planície litorânea da ilha de São Francisco, somado o arquipélago Tamboretes, áreas de valor cênico, relevância em biodiversidade e o mais importante remanescente contínuo de ecossistemas costeiros em Santa Catarina formado pela restinga da Praia Grande.

O Parque é administrado pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), com apoio do Governo do Estado. Lembrando, que o IMA administra Unidades de Conservação de Proteção Integral da categoria Parque que permitem a visitação pública, e também, da categoria Reserva Biológica, onde o manejo ambiental é restrito e o acesso só é permitido a pesquisadores. O agendamento de visitas a todas as Unidades é realizado somente de forma on-line pelo site do IMA.

Sobre o Parque

O complexo hídrico existente na área, formado pelo rio Acaraí, que dá o nome ao Parque, nascentes do rio Perequê e lagoa do Capivaru, é responsável pelo abrigo, reprodução e alimentação de várias espécies aquáticas, que somado à Vegetação de Restinga e de Floresta das Terras Baixas do Domínio da Mata Atlântica, constituem local para proteção da flora e fauna, entre elas as endêmicas e ameaçadas de extinção.

Já foram identificadas no Parque Estadual Acaraí: 337 espécies vegetais, 176 espécies de aves, 35 espécies de répteis (5 tartarugas marinhas, 1 cágado de água doce, 1 crocodiliano, 6 lagartos, 1 anfisbenídeo e 19 serpentes), 17 espécies de anfíbios, 20 espécies de mamíferos não-voadores e 38 espécies de peixes no Rio Acaraí.