Oficinas gratuitas: Impar oferece experimentação em artes visuais para usuários do SER e do CRAS

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

04/04/2024 - 15:04

Na próxima segunda-feira, (8) pessoas atendidas pelo SER (Serviço Especializado em Reabilitação), serviço público especializado em tratamento e reabilitação de crianças e adultos com deficiência física, poderão participar de oficinas gratuitas de experimentação em artes visuais.

 

As atividades fazem parte do projeto “Pensar e Criar” e serão oferecidas pelo IMPAR (Instituto de Pesquisa Arte pelo Movimento), que há mais de 10 anos promove trabalhos, ações e discussões acerca da arte e da inclusão de pessoas com deficiência, transtornos mentais e neurodiversas em Joinville.

 

Ao todo, três oficinas serão oferecidas para usuários do SER em horários distintos (9h30, 13h30 e 15h), cada uma com duração de 1 hora. “A atividade proposta tem como objetivo trabalhar os conceitos de autoconhecimento, a exploração dos sentidos e despertar o olhar cuidadoso e empático sobre o outro. Vamos explorar isso experimentando as artes visuais, sem qualquer necessidade de saber desenhar ou pintar para participar”, afirma José Mauro Silva, arquiteto, estudante de filosofia e professor do Arte para Todos.

 

Os interessados em participar podem fazer sua inscrição, de forma gratuita, na sede do SER (Avenida Alwino Hansen, 1118 – Adhemar Garcia). Para cada horário de oficina há oito vagas disponíveis.

 

Experimentação artística no CRAS do Adhemar Garcia

 

A mesma experimentação artística será oferecida no dia 06 de maio no CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) do Adhemar Garcia. Também em três horários (9h30, 13h30 e 15h), com 1 hora de duração e um total de 24 vagas. Os interessados já podem fazer suas inscrições diretamente no local (Rua Antenor Douat Baptista, 205).

 

Sobre o Pensar e Criar

O “Pensar e Criar” é um projeto de oficinas de vivência em artes visuais, embasado na metodologia do Programa de Formação Cultural Arte para Todos, que utiliza a arte como ferramenta de promoção de autonomia, desenvolvimento emocional, intelectual e inserção social de crianças, adolescentes e adultos neurodiversos, com deficiência ou transtorno mental. Ele é realizado pelo IMPAR em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Joinville.

 

Desde fevereiro, as oficinas do “Pensar e Criar” são oferecidas para o público atendido pelo NAIPE DI/TEA (Núcleo de Atenção Integral à Pessoa com Deficiência Intelectual e Transtorno do Espectro Autismo) e pelo SOIS (Serviços Organizados de Inclusão Social).

 

O projeto foi contemplado pelo edital de chamamento do Simdec (Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura- FMIC) de 2022 e conta com o apoio cultural da Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville e da Secretaria da Saúde. Todos os projetos do IMPAR também contam com o apoio da RW Contadores e do Route 101 Coworking & Business.




Notícias no celular

Whatsapp