Novembro Azul: ações da Unesc focam na saúde do homem

Foto: Décio Batista/Agecom/Unesc

Por: OCP News Criciúma

09/11/2023 - 10:11 - Atualizada em: 09/11/2023 - 10:22

Muitas vezes o básico precisa ser dito: o homem também é frágil e precisa cuidar da saúde. É por isso que a Unesc preparou uma série de atividades ao longo do penúltimo mês do ano, focado na saúde do homem.

Assim como o Outubro Rosa promoveu ações de conscientização com relação aos cuidados da mulher, o Novembro Azul trata da saúde do homem, que muitas vezes reluta em buscar ajuda ou até mesmo prevenção.

Entre as iniciativas da Universidade estão ofertas de atendimentos para atualização da Carteira de Vacinação; dosagem de glicemia; oferta de testes rápidos para HIV, Sífilis, Hepatite B e C; tipagem sanguínea; entre tantas outras.

Com formação e história de atuação intensa na área da saúde, a reitora Luciane Bisognin Ceretta, lembra que o Novembro Azul é uma campanha significativa na conscientização dos homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e demais cuidados com a saúde.

“É uma oportunidade de ressaltar a necessidade de cuidar da saúde masculina, por isso, a Unesc, uma Universidade Comunitária preocupada com as pessoas, realiza esta série de atividades que se estendem por todo o mês. Queremos contribuir com a quebra do tabu e incentivar os homens a conversarem abertamente sobre a saúde, visando a prevenção e todos os cuidados necessários. Para isso, possuímos uma equipe qualificada que envolve as Clínicas Integradas, o programa Acolher, além dos cursos da área da saúde, todos prontos para atender colaboradores; acadêmicos e comunidade em geral”, diz.

Atividades

As atividades previstas não irão se limitar aos atendimentos. Elas já estão sendo ampliadas para o repasse de informações por meio do Podcast Check Up, da Web Rádio Unesc. Serão pelo menos quatro programas especiais voltados exclusivamente para a saúde do homem.

A coordenadora das Clínicas Integradas de Saúde, Carine Cardoso, conta que, levando a saúde em conta como um todo, a campanha foi pensada junto ao Outubro Rosa, tendo como foco a mobilização da sociedade de forma geral.

“Buscamos fazer uma campanha maior, que busque mais público, pensando na autoestima; no bem-estar e na promoção da saúde com diversas ações dentro e fora da Instituição”, ressalta.

As ações contarão com a atuação dos cursos de saúde da Universidade como Medicina; Enfermagem; Nutrição; Estética; Fisioterapia, entre outros.

 

“Os atendimentos contribuem com os nossos acadêmicos ao fornecer a troca de conhecimentos, além da relação multiprofissional e interdisciplinar, permitindo que eles saiam da Universidade prontos para promover o cuidado no espaço que ocupará na sociedade”, cita.

 

Tabus a serem quebrados

“Todos os homens acima de 40 anos precisam se prevenir. Agradeço a Universidade por se preocupar com a saúde dos colaboradores”.

O dono da frase é o motorista do Setor de Apoio da Unesc, Márcio Borges Filho, mas, de forma geral, muitos homens ainda negligenciam a saúde, e é este tabu que a Universidade busca quebrar ao longo do Novembro Azul.

“É um tema limitado socialmente, pois o homem tem esta ressalva na busca da prevenção. Queremos que o homem pare para pensar que também é ser humano, que é frágil e que precisa de cuidado. O Outubro Rosa já traz uma naturalização do tema, mas o Novembro Azul se torna um pouco mais delicado”, salienta o coordenador do programa Acolher, Zolnei Vargas de Córdova.

Impacto positivo

Segundo Córdova, a campanha Outubro Rosa gerou impacto positivo , tanto no público interno quanto externo.

 

“Acreditamos que a mobilização de conscientização do câncer de mama atingiu um grande grupo com relação ao exame, à prevenção, na busca pelos especialistas certos, na hora certa. Foi um momento positivo, pois são temas importantes sobre a vida, que precisamos trabalhar enquanto Universidade Comunitária e na responsabilidade social no cuidado com as pessoas”.

Programação Novembro Azul na Unesc:

  • 1; 8; 15; 22 e 29/11: Nas quartas usamos azul;
  • 3/11, às 8h30min: Dosagem de glicemia, nas Clínicas Integradas de Saúde;
  • 6/11/2023, às 11h: podcast Check Up, conscientização sobre o Novembro Azul, na Web Rádio Unesc;
  • 9/11/2023, às 9h: Roda de conversa -Novembro Azul: saúde e bem-estar e Novembro: do azul ao equilíbrio biopsicossocial, nas Clínicas Integradas de Saúde;
  • 2/09/16/23 e 30/11, das 13h30min às 16h30min, oferta de testes rápidos – HIV, Sífilis, Hepatite B e C, nas Clínica Escola de Enfermagem;
  • 14/11, das 8h às 12h e das 13h às 17h: Panfletagem e entrega de uma fruta aos pacientes do Programa, na Sala de Espera na Clínica Escola de Enfermagem (PAMGC);
  • 14/11, das 9h às 11h e das 14h às 16h: ação em alusão ao dia mundial do Diabetes, nas Clínicas Integradas em Saúde; Bloco S e Bloco da Reitoria;
  • 14/11, à tarde: Tipagem Sanguínea, nas Clínicas Integradas de Saúde;
  • 29/11, manhã e tarde: Autocuidado, um hábito saudável para a Saúde do Homem, Práticas Integrativas e Complementares, Massoterapia, Podologia (PICS), nas Pontos da Unesc; Hall Administrativo ou da Reitoria;
  • 13/11, às 11h: Podcast Check: Orientação dos benefícios da prática de atividade física para a saúde do homem, na Web Rádio Unesc;
  • 8/11, às 11h: Podcast Check: Tema: Novembro Azul: Atividade Física como Métodos Preventivos para Reduzir Riscos à Saúde;
  • 6 e 13/11, à tarde e à noite: Massagem facial e craniana; hidratação facial, no Laboratório de Estética Facial (Aprofucri/Alecrim);
  • 22/11, às 11h: Podcast Check: Tema: Novembro Azul: Hábitos Alimentares como Métodos Preventivos para Reduzir Riscos à Saúde, na Web Rádio Unesc;
  • Durante todo o mês de novembro, atualização da Carteira de Vacinação, no período da tarde, na Clínica Escola de Enfermagem.