Mulher recebe PIX de que R$ 50 mil por engano e devolve todo o dinheiro

Foto: Arquivo Pessoal/Isabela Bosco

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

19/01/2024 - 10:01 - Atualizada em: 19/01/2024 - 10:42

A história da empresária Isabela Bosco, moradora de Nerópolis, na Região Central de Goiás, ganhou destaque nas redes sociais após ela receber uma transferência PIX no valor de R$ 48.799 e optar por devolver o dinheiro ao verdadeiro dono. Em uma entrevista ao G1, a goiana de 28 anos compartilhou sua surpresa ao encontrar a quantia em sua conta e descreveu o processo de devolução, que envolveu o bloqueio temporário de sua conta bancária. A transação ocorreu na última terça-feira (16).

“Para mim é super normal, pois estou devolvendo uma coisa que não é minha. Fiquei assustada, nunca me aconteceu isso”, disse a jovem.

Isabela revelou que estava trabalhando quando recebeu a notificação do PIX e, devido ao montante significativo, sua conta foi bloqueada, exigindo uma rápida ação para resolver a situação. Após o bloqueio, ela entrou em contato com os canais de atendimento do banco receptor da transferência, mas a resolução só foi efetivamente alcançada na agência física local.

“Eu estava no trabalho e esse PIX chegou pra mim inesperadamente. Quando eu vi o valor, me assustei e tirei um print da tela para não perder as informações, já com medo de bloquearem o meu banco. Cheguei em casa, tentei fazer a devolutiva do valor exorbitante, mas automaticamente bloquearam a minha conta”, contou Isabela.

Mesmo com a conta bloqueada, Isabela enfrentou o desafio de identificar o responsável pela transferência, já que o PIX foi realizado por meio de um CNPJ, sem a indicação do nome de uma pessoa física, apenas uma razão social.

“A transferência foi feita por CNPJ, com o nome da razão social. Iniciei a busca na internet, vasculhando o Google e o Instagram até localizar o proprietário. Consegui entrar em contato, explicando a situação. Na manhã seguinte, enquanto estava no banco aguardando a resolução, o dono da conta desesperado me ligou”, relatou Isabela.

Segundo ela, a conta do remetente também foi bloqueada após várias tentativas infrutíferas de recuperar o valor transferido erroneamente. Com a colaboração do gerente bancário de Isabela, o remetente conseguiu recuperar o montante.

“Liguei para os canais de atendimento do banco e passei por cinco atendentes, mas não conseguiram resolver e me passaram um protocolo, e disseram que só resolveria na agência da cidade” disse a empresária.

Após a resolução do incidente, Isabela compartilhou que recebeu um áudio agradecendo pela devolução do valor.

“Eu recebi um áudio dele me agradecendo pela devolução depois do transtorno, ele estava desesperado. Hoje em dia as pessoas tem que parabenizar os outros por fazer o mínimo do que é correto. Eu fiquei muito assustada”, disse a empresária.