Moradores celebram chegada da iluminação pública na Vigorelli após três décadas de espera

Foto: Prefeitura de Joinville

Por: OCP News Joinville

07/02/2024 - 19:02 - Atualizada em: 07/02/2024 - 19:50

Após 30 anos de espera, os moradores da Vigorelli puderam celebrar a chegada da iluminação pública na comunidade.

Na terça-feira (6), com muitos aplausos e comemoração da comunidade, a luz foi ligada trazendo esperança para uma vida com mais conforto e possibilidade de desenvolvimento na região.

Conforme a Prefeitura, diariamente, as equipes envolvidas nas obras de melhorias na região avançam em serviços como iluminação, pavimentação, infraestrutura e paisagismo.

 

 

“Há 50 anos, meu pai começou aqui com fogo no chão. Depois evoluiu para lampião, tocha e quando a gente já estava mais firme, aí veio o gerador. Então para saber como eu me sinto, é muito fácil. É só chegar em casa, desligar o disjuntor e ligar daqui 50 anos. Aí vocês vão saber a minha alegria de hoje”, exemplifica Monica Ignês de Magalhães, que é empreendedora na Vigorelli.

O investimento por parte da Prefeitura de Joinville nesta obra foi de R$ 1.537.893,65, com recursos próprios provenientes da Cosip. Foi feita a ampliação da rede de média e baixa tensões e instalação de 122 postes de iluminação pública, com lâmpadas de LED, em uma extensão de aproximadamente 4 km, da Estrada João de Souza Mello e Alvim.

“É um momento de muita emoção. Ver essas pessoas aqui chorando de alegria, falando que pensavam que iam morrer sem ver a energia elétrica chegar, realmente é uma emoção para todos os joinvilenses. Todos eram indignados com essa situação que a Vigorelli não tinha energia. Foi um trabalho a muitas mãos. Aqui tem muitas obras acontecendo, são grandes entregas para esse paraíso chamado Vigorelli”, destaca o prefeito Adriano Silva.

Com a conclusão dessa etapa do trabalho, vai ser possível iniciar a instalação dos kits poste padrão, que levarão a energia elétrica até residências e comércios instalados na Vigorelli. Ao todo, 139 kits foram doados pela Celesc após a solicitação da Prefeitura para que os moradores fossem contemplados no Programa de Eficiência Energética, “Projeto Sou Legal, Tô Ligado 4”, da Celesc. O investimento da concessionária é de R$ 470 mil.

“Esse projeto é uma parceria entre a Celesc, Aneel e Governo do Estado de Santa Catarina que proporciona a instalação de 139 kits padrão de entrada de energia elétrica, já com a rede de iluminação instalada, trazendo conforto, qualidade de vida, segurança e economicidade para a população”, destaca Eduardo Cesconeto de Souza, gerente em exercício da regional da Celesc em Joinville.

Desafios para sobreviver sem energia elétrica

Antes da Prefeitura de Joinville iniciar as obras de iluminação pública na Vigorelli, a realidade era bem diferente. Os poucos comerciantes que tinham condições financeiras, adquiriam gerador de energia, mas a maioria passava os dias sem acesso a esse item essencial para o desenvolvimento. Mauro Araujo que é proprietário de um restaurante na Vigorelli, conta que entre novembro e o início deste ano teve prejuízo com os geradores de energia.

“Comprar um gerador de energia nunca era garantia. Eu tinha três e de novembro pra cá eu gastei R$ 40 mil com a quebra dos três. O calor era muito intenso e eles não suportaram, mesmo sendo preparados para isso. Muitos comerciantes não conseguiam tocar os seus negócios por causa da quebra do gerador. Agora vai mudar toda a parte econômica. A comunidade está se preparando, já estão empreendendo em outras áreas. Hoje a gente está aí com quase um milagre. Todo mundo dizia que era impossível colocar energia, e a Prefeitura mostrou que é possível”, diz Mauro.

Adelaide de Oliveira vive há 30 anos na Vigorelli. “Agora vai mudar muito, para nós é uma alegria muito grande. Eu nem esperava mais. Às vezes, a gente até brincava quando falavam que ia ter reunião para falar da luz. Eu dizia que o Natal já tá chegando e a luz não vem. Agora eu quero comprar uma máquina, a geladeira para conservar comida”, diz a aposentada.

“Eu como pescador tenho que me desfazer do peixe muito rápido, o que prejudica a parte econômica. Tem que vender o peixe porque não consigo armazenar. Com a chegada da energia vai melhorar muito. Eu brinquei esses dias com um morador aqui, perguntei se ele imaginava que seria assim e ele respondeu que achava que ia morrer e não ia ver isso. É uma brincadeira, mas agora tá aí a realidade. Jamais imaginei que seria isso que está aí agora”, diz Marcio Francisco Bertoti.

Obras foram possíveis após fim de impasse judicial

Os moradores da Vigorelli eram unânimes em afirmar que só acreditavam que a realidade iria mudar a partir do momento em que estivessem vendo as obras ocorrerem. Essa desconfiança era carregada de razão, uma vez que por cerca de 30 anos perdurou um impasse judicial que foi resolvido pela Prefeitura de Joinville e o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta, em 2021.

Desde então, as equipes da Prefeitura de Joinville trabalharam na elaboração de projetos executivos de obras que levarão dignidade aos moradores. Com o processo de Regularização Fundiária, foi possível planejar, lançar licitação e executar obras como a requalificação viária até o ferry boat. Se somados, os investimentos na região da Vigorelli estão próximos de R$ 20 milhões.

A Secretaria de Habitação está avançando com as obras de pavimentação com paver, o que já pode ser percebido por quem frequenta a Vigorelli. Além disso, estão sendo reformadas as três rampas para acesso de embarcações. Foram concluídas as obras do muro de arrimo e a instalação da rede de drenagem.

Outra melhoria feita pela Águas de Joinville foi a implantação da rede de água e uma Estação de Tratamento de Esgoto na localidade. A Vigorelli vai receber também sinalização viária, playground e paisagismo. Além disso, será instalada a iluminação complementar na orla e no estacionamento.

Mais um ponto importante que vem sendo desenvolvido desde 2023 é o trabalho social e a capacitação dos moradores para o atendimento ao turista. No ano passado, a Prefeitura promoveu formação em diversas áreas levando capacitações sobre saúde e manipulação de alimentos, atendimentos a bares e restaurantes, serviços oferecidos pela Secretaria de Assistência Social, entre outros temas.