Mais de 26 mil pessoas seguem desabrigadas em SC; Taió decreta calamidade pública

Foto: Roberto Zacarias/Secom

Por: Elisângela Pezzutti

17/10/2023 - 14:10 - Atualizada em: 17/10/2023 - 15:08

A madrugada desta terça-feira (17) foi marcada por mais temporais em Santa Catarina, especialmente em áreas do Grande Oeste. Nas últimas horas foram registradas chuvas fortes, muitos raios, rajadas de vento severas (126 km/h em Alpestre e 100 km/h em Chapecó) e queda de granizo. Nas demais áreas, chuvas de fraca a moderada intensidade continuam sendo observadas.

Nas próximas horas, permanece o risco elevado para temporais no Grande Oeste, Alto Vale do Itajaí e Planalto Norte. Essa condição, no entanto, também se estende para outras áreas do centro/leste e norte do estado. O risco é alto para ocorrências associadas às condições meteorológicas, especialmente nessas regiões.

Segundo informações da Secretaria de Assistência Social, Mulher e Família, ao todo são 26.509 desabrigados em Santa Catarina. Hoje são 184 abrigos ativos atendendo as famílias que podem voltar para suas casas. Desde o dia 03 deste mês, o Corpo de Bombeiros Militar atendeu 1.879 ocorrências ligadas às chuvas em 151 municípios.

Ao todo, 133 municípios estão em Situação de Emergência e Taió declarou Estado de Calamidade Pública. Foram contabilizados registros de chuvas intensas, alagamentos, deslizamentos e granizo que atingiram residências, estradas e centros urbanos em diversas regiões do estado.

Equipes das prefeituras com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Assistência Social e demais estruturas do Governo do Estado além de contar com o apoio de estruturas federais como a Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e Polícia Rodoviária Federal prestam atendimentos aos afetados.

*Com informações da Agência Catarinense de Notícias