Jovem que teve morte cerebral declarada acorda minutos antes dos aparelhos serem desligados

Foto: Instagram James Howard-Jones

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

12/07/2023 - 14:07 - Atualizada em: 12/07/2023 - 14:42

Um homem inglês de 28 anos, que foi diagnosticado com morte cerebral acordou minutos antes dos aparelhos que o mantinham vivo serem desligados. Segundo o jornal Daily Mail, James Howard – Jones estava há mais de um ano em coma por conta de uma agressão. Quando o jovem foi atingido ele caiu para trás e acabou batendo a cabeça.

O responsável pelas agressões foi preso e condenado a dois anos e quatro meses. Enquanto isso, o jovem foi encaminhado para o hospital, onde permaneceu inconsciente. James precisou passar por várias cirurgias de emergência. Quando o estado do jovem melhorou, ele foi transferido para um centro de reabilitação. Porém, ele ainda não tinha recuperado os sentidos.

“Os médicos nos disseram nas primeiras semanas que o cérebro de James estava morto e o melhor que podiam fazer era deixá-lo partir”, disse o pai de James no julgamento.

Com isso, James teve a morte cerebral declarada. Entretanto, pouco antes de ter os aparelhos desligados, ele acordou.

“Arranjos estavam sendo feitos para a doação de transplantes”, relembra o pai.

“Concordamos que isso deveria ser adiado por uma semana para que a família e os amigos pudessem se despedir. Mas aí ele recuperou a consciência”, conta.

James teve sequelas físicas e mentais que o acompanharão e exigirão cuidados constantes. Segundo o acordo com o promotor do caso, “ele está totalmente ciente de sua nova condição e de tudo que perdeu, o que também lhe causou uma depressão profunda”.

O jovem precisa de ajuda para sair da cama e ir ao banheiro. Para se locomover, utiliza cadeira de rodas devido ao cansaço.

Notícias no celular

Whatsapp