Jaraguá do Sul registra relatório de ocorrências na Defesa Civil Nacional

Foto: Divulgação PMJS

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

06/02/2024 - 09:02 - Atualizada em: 06/02/2024 - 10:56

A Diretoria de Proteção e Defesa Civil, concluiu o relatório dos danos provocados pela enxurrada do domingo (28), e registrou os dados no Formulário de Informações de Desastres (FIDE) da Defesa Civil Nacional. Jaraguá de Sul já faz parte do mapeamento da Defesa Civil Nacional como município de alto risco, por meio de um mapeamento feito a partir de 2011 e que vem sendo atualizado a cada nova ocorrência do gênero. As informações ficam no histórico do município e ajudam especialmente na emissão de alertas e na prevenção.

De acordo com o diretor de Captação de Recursos, Escritório de Projetos e Planejamento Estratégico, Antônio Carlos da Luz, a partir do preenchimento do FIDE, o Estado avalia as informações e faz o reconhecimento.

“Com isso, o Município tem a possibilidade de pleitear recursos que, neste caso, servirão para a reconstrução e também em futuras obras de prevenção”, explica o diretor. Com relação ao Governo Federal, todas as informações do ocorrido no dia 28 serão inseridas no mapeamento de desastres. Esse histórico poderá resultar na liberação de recursos para obras do novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “Jaraguá do Sul já protocolou quatro propostas e, com este desastre, fica mais uma justificativa que Jaraguá realmente precisa desses recursos”, complementa. A Prefeitura, após levantamentos e estudos, verificará possíveis melhorias no sistema de drenagem pluvial das ruas danificadas e de outros locais do município.

Reconstrução

O reconhecimento da Situação de Emergência será avaliado pela Caixa Econômica Federal, que poderá liberar recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para moradores que tiveram seus imóveis atingidos pela enxurrada. Esta decisão fica a cargo

Relatório

Foto: Divulgação PMJS

Os dados enviados ao órgão nacional destacam que no domingo, dia 28 de janeiro, uma chuva que durou cerca de 20 minutos, culminou no acumulado de 60mm de água no solo, classificado como enxurrada, pela tabela de Classificação e Codificação Brasileira de Desastres como ‘enxurrada’ (refere-se escoamento superficial de alta velocidade e energia, provocado por chuvas intensas e concentradas, normalmente em pequenas bacias de relevo acidentado. Caracterizada pela elevação súbita das vazões de determinada drenagem e transbordamento brusco da calha fluvial. Apresenta grande poder destrutivo).

Durante e após a enxurrada, foram registradas 80 ocorrências e 82 ruas foram afetadas, seja por alagamentos, escorregamentos de terra, quedas de muros, erosões, quedas de árvores, riscos de queda de árvores, entupimentos de drenagens, patologias em pontes e quedas de pontes. Ainda foram fornecidos 1.200 m² de lonas para cobrir locais com escorregamentos de terras e algumas residências que tiveram seus telhados danificados. O nível do Rio Jaraguá, na chamada Ponte do Curtume, chegou chegou aos três metros, às 17h do domingo (28), baixando para dois metros meia hora depois e para 1,5 metro às 18h30, conforme dados da estação meteorológica instalada no local.

Como medida de segurança, 20 pessoas foram orientadas a não pernoitarem em residências afetadas, permanecendo abrigadas em casas de parentes ou vizinhos até melhor avaliação dos locais afetados. Foram interditadas três casas que devido aos danos causados exigiram a retirada das famílias. Ainda, segundo o relatório, a estimativa de prejuízos públicos avaliados, chega perto de R$ 20 milhões, obrigando o prefeito de Jaraguá do Sul, Jair Franzner, decretar Situação de Emergência ainda na segunda-feira (29).

Relatório chuvas dia 28 de janeiro de 2024:

  • Início da chuva: 16h18
  • Quantidade: 60mm
  • Ocorrências: 80
  • Ruas afetadas: 82
  • Pontos de alagamentos; Barra do Rio Cerro, Barra do Rio molha, Jaraguá Esquerdo,
  • São Luis, Rio Molha, Chico de Paulo
  • Escorregamentos de terra: Bairro Parque Malwee, Jaraguá Esquerdo, São Luis
  • Quedas de muros: Barra do Rio Molha, Jaraguá Esquerdo
  • Erosões em vias públicas: Rio Molha, Barra do Rio Molha
  • Risco de quedas de árvores: Barra do Rio Molha
  • Risco de queda de muro: São Luis
  • Entupimentos de drenagens: Barra do Rio Molha, Rio Molha
  • Patologias em pontes: Barra do Rio Cerro, Rio Molha
  • Acessos sobre ribeirão danificados
  • Fornecidos 1.200m² de lona
  • Desalojados: 20 pessoas, que foram realocadas na noite do incidente
  • Três casas interditadas
  • Estimativa de prejuízos públicos avaliados em cerca de R$ 20 milhões