Jaraguá do Sul celebra Dia do Rock no Parque da Inovação neste sábado (15)

Foto: Divulgação/PMJS

Por: Elisângela Pezzutti

13/07/2023 - 11:07 - Atualizada em: 13/07/2023 - 14:41

Os sons das guitarras de oito bandas roqueiras de Jaraguá do Sul, Joinville, Guaramirim e São Paulo irão agitar as festividades dos 147 anos de Jaraguá do Sul no Parque da Inovação na tarde deste sábado (15).

O evento também celebrará o Dia Internacional do Rock – comemorado em 13 de julho – e terá início a partir das 14 horas. Os grupos que subirão ao palco são: Céu de Ícaro, Appaloosa, Pretty Visitors, Estado Deplorável, Tribo da Lua, NPKN, FLY X. e 3 Pipe Problem. Além disso, os aficionados do ritmo presentes também terão opções de foodtruck e cervejarias nos local.

A secretária de Cultura, Esporte de Lazer (Secel) da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Natália Lúcia Petry, falou sobre o evento: “O Dia Internacional do Rock não poderia ficar de fora da nossa programação de aniversário. Sempre buscamos intensificar o fomento aos eventos com todos os estilos e ritmos musicais, aproveitando para dar oportunidade principalmente aos artistas que temos em Jaraguá do Sul e região para mostrar seu trabalho, além de aproveitar os excelentes espaços públicos da cidade, como é o Parque da Inovação”.

Com estilos e perfis bem variados, os oito grupos prometem brindar o público com sons bem ecléticos, misturando o rock autoral, o clássico rock’roll com batidas eletrônicas, além de homenagear grandes bandas como Artic Monkeys, Nirvana, Radiohead, Pixies, Doors, Queen, Legião Urbana, Sepultura, Titãs entre outros monstros sagrados do Rock Nacional e Internacional.

Confira abaixo o perfil da cada banda que irá se apresentar

 

PRETTY VISITORS

Foto: Divulgação

A banda Pretty Visitors estende a proposta de reproduzir com a maior qualidade possível, adicionando características pessoais, grande parte do acervo da banda britânica Arctic Monkeys. Criada em 2016, vem aperfeiçoando técnicas e equipamentos desde então. Já se apresentou em diversas casas de shows em Jaraguá do Sul e região.

APPALOOSA

Foto: Divulgação

Desde 2018 a banda Appaloosa, de Jaraguá do Sul, vem ganhando espaço e seguidores. Composta por músicos experientes, com mais de 10 anos de palco, a banda traz uma sonoridade impecável, misturando country, southern rock e rock’n’roll. Curtida por grandes nomes da música mundial como a banda americana Blackberry Smoke e o lendário Stephen Stills do grupo Crosby, Stills & Nash, a banda aposta em suas composições além de interpretar os artistas que os inspiram. O primeiro single da banda, intitulado “Alice” foi lançado no Brasil e nos EUA tocando em algumas rádios do Texas. No ano de 2023, a banda lançou três novas faixas, duas delas com a participação de Rick Ferreira (Raul Seixas, Erasmo Carlos, Roupa Nova, etc.) no pedal steel. Em 2022 a banda caiu na estrada, chegando a passar por 13 cidades em um período de 45 dias

FLY-X

Foto: Divulgação

Surgiu no inverno de 1997 na cidade de Guaramirim, tendo em sua formação inicial os amigos Kélson Marcelo, João Luís e Vagner Assis. Influenciados por Beatles, Nirvana, Superdrag, Sepultura, Helmet, entre outras, dedicaram-se exclusivamente a composições autorais . Desta forma registraram a primeira gravação no formato demo tape em 1998 e posteriormente 4 discos (2003, 2005, 2009, 2012). Durante sua trajetória tocaram em diversas cidades, festivais e arriscam a dizer que foram a banda que mais se apresentou no templo do underground catarinense, o Curupira Rock Club. A banda entra em um hiato, retornando ao palco apenas em 2017 para a apresentação comemorativa de 20 anos no Sesc Jaraguá do Sul. Retorna à atividade em 2022, com nova formação e novas composições. Tendo algumas apresentações na sua agenda e a produção de um novo disco ainda para 2023.

NPKN

Foto: Divulgação

Com raízes latinas, a NPKN transcende a geolocalização com uma música universal, sem CEP e sem gênero musical. Desde seu início, as integrantes do duo Kimberlly Arce (argentina/espanhola) e Natana Alvarenga (brasileira) somam diversas conquistas importantes, algumas delas são: prêmio “Best Internacional” do Toronto Independent Music Awards em 2017, participação no AudioArena Originals em 2017, apresentação no festival João Rock em 2018 e apresentação no Hard Rock Cafe de Nova York, na Times Square em 2019. Em 2019 lançaram seu álbum de estreia: “I.NN.PAK é um disco poderoso que mostra o início da carreira da NPKN como artistas, expõe bagagens, opiniões, posicionamentos e conselhos com sinceridade e ainda traz belas interpretações de sons que ecoam pela mente de uma dupla criativa e das mais representantes da nova música indie brasileira hoje em dia.

3 PIPE PROBLEM

Foto: Divulgação

Guitarras distorcidas, elementos eletrônicos e um curioso mix de influências: esse é o 3 Pipe Problem. Criada em 2017 em São Paulo, tem como proposta um trabalho único e original, acompanhando a tendência do rock moderno. Apesar da referência ao DIY (“faça você mesmo”), o 3 Pipe Problem passa longe do punk, tendo sua sonoridade influenciada por bandas como Nirvana, Radiohead, Pixies, Faith no More e os brasucas Titãs, Legião Urbana, Ratos de Porão e Sepultura, um caldo heterogêneo que garante melodia e peso às canções. O primeiro EP, “Elephant in the Room” (2019) , foi gravado em Los Angeles com o produtor ganhador de Grammy Darryl Swann e apresentou a banda para o cenário do rock. Em 2020 o 3 Pipe lançou seu segundo EP, “40” gravado e produzido de forma independente no Vault22 studios pelo produtor Hafa Dami. A maturidade sonora desta vez abriu as portas para o 3 Pipe no mercado nacional do rock em definitivo, levando o som para as rádios, importantes playlists nacionais e internacionais nos streamings, além da boa audiência do clip nas redes sociais. A banda acaba de lançar seu novo EP “Too Old to Rave” produzido em parceria com o DJ HD-4884 em Los Angeles.

ESTADO DEPLORÁVEL

Foto: Divulgação

Banda street punk catarinense desde 2006 canalizando o espírito da ruas. Formada na cidade Jaraguá do Sul, o grupo faz rock autoral, já conta com três álbuns de estúdio e se prepara para lançar seu quarto álbum recém gravado, intitulado “Resistência”. A sonoridade é basicamente uma mistura punk rock, ska, hardcore e outros ingredientes para distribuir peso, riffs energéticos, vocais explosivos e a verdade nua e crua gritada aos quatro ventos. Sob forte influência de bandas como Cock Sparrer, The Clash, The Last Resort, Ska-P, The Toasters e Social Distortion, a banda aborda temas como problemas sociais, (mal) comportamento humano, dramas, paixões e futebol. Atualmente o grupo segue firme e forte, mesmo após várias mudanças em sua formação e uma pandemia no caminho. Conta ainda com videoclipes, participação em coletânea gringa e um extenso histórico de shows, dividindo o palco com ícones como Garotos Podres, Inocentes, Los Fastídios, Blind Pigs, Ação Direta, Agrotóxico, Olho Seco, Sepultura, entre outros.

TRIBO DA LUA

Foto: Divulgação

A Banda Tribo da Lua nasceu no início do ano 2000, tendo se apresentado nos principais bares e boates de Santa Catarina. Suas principais influências são o pop-rock nacional dos anos 80 e o melhor do rock internacional. A Banda participou em 2003, do CD Rock com Stillo, uma coletânea com oito bandas de Santa Catarina. No ano de 2007 a Banda se apresentou para um público de mais de 8 mil pessoas na inauguração da Arena Jaraguá, antecedendo o show da Banda Nenhum de Nós. Também neste mesmo ano fez a abertura do Show de Zé Ramalho no Clube Tradição em São Bento do Sul. Realizou em abril de 2008 o “Ensaio Aberto” em frente ao Museu Emílio Silva. No ano de 2010 produziu o DVD “Falas & Vozes” em comemoração aos 10 anos da Banda, gravado ao vivo no Teatro do Sesc de Jaraguá do Sul. O DVD intitulado “Esperando Amanhecer” foi gravado em Jaraguá do Sul-SC no dia 20 de setembro de 2015 em comemoração aos 15 anos da banda e possui 12 faixas inéditas que são composições da própria banda. O show de lançamento aconteceu no dia 28 de fevereiro de 2016 no Espaço Buena Eventos, com a participação de todos os músicos que fizeram participação especial no DVD, inclusive o Veco Marques da banda Nenhum de Nós.

CÉU DE ÍCARO

Foto: Divulgação

A banda surgiu em 2013, com a iniciativa de fazer uma abordagem dos chamados “LADO B”, das bandas clássicas do Rock and Roll. Nesse intuito, entre hiatos motivados por trocas de músicos, a banda vem cumprindo sua proposta, fazendo shows em diversas casas da região, bem como em outras cidades estado de SC. A banda também já se aventurou por outros estados do Sul e Sudeste, como Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo. Parados a pouco mais de 2 anos, 2019 foi o ano da retomada das atividades da banda com força total, com algumas remodelações no repertório apresentado aos fãs, entre eles ressalta-se um tributo a banda Queen e outro ao The Doors, bem como, outros sons com a mesma identificação musical, a fim de cumprir a missão de levar adiante o bom e velho Rock and Roll. No ano de 2021, a banda traz o projeto Céu de Ícaro – Apresentando Rodrigo Seixas, trazendo covers do inesquecível Raul Seixas.

Notícias no celular

Whatsapp