Janeiro Branco tem ações alusivas à saúde mental em Jaraguá do Sul

Foto: Pixabay

Por: Elisângela Pezzutti

26/01/2024 - 09:01 - Atualizada em: 26/01/2024 - 13:57

Janeiro é considerado, desde 2014, o mês em favor da Saúde Mental. O movimento “Janeiro Branco” busca conscientizar a sociedade sobre as necessidades da Saúde Mental.

Em Jaraguá do Sul, ações alusivas à campanha estão ocorrendo nos Centros de Atenção Psicossocial e são voltadas aos usuários desses locais. Além disso, no dia 29, às 13h30, haverá uma palestra sobre o assunto na Câmara de Vereadores. O encontro será aberto ao público e transmitido ao Vivo pela TV Câmara.

Segundo a psicóloga do Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (Capsi), Ana Raquel Rodrigues Klippel, a campanha do Janeiro Branco tem como objetivo ampliar a consciência da população para cuidar, proteger e gerenciar a saúde mental construindo, assim, uma cultura de bem-estar emocional.
“Ela propõe que pensemos a respeito dos nossos hábitos, do nosso estilo de vida, do meio em que vivemos e das relações que estabelecemos. O cuidado com o nosso sono, alimentação, atividade física, com os relacionamentos afetivos, o tempo para atividades de lazer, relações saudáveis com o trabalho, impactam diretamente na qualidade da nossa saúde emocional”, explica.

A diretora de saúde, Amanda de Lemos Mello, ressalta que a campanha traz visibilidade para os quadros de adoecimento psíquico, a exemplo de depressão e ansiedade. “Precisamos trabalhar, cada vez mais, em políticas públicas dedicadas ao bem-estar emocional das pessoas e da sociedade. Além disso a campanha convida para o combate aos estigmas e preconceitos em torno das questões de saúde mental, encorajando atitudes e diálogos abertos sobre o tema.”

“Precisamos falar sobre este tema, trocar experiências, dar o suporte necessário para quem precisa de atendimento e focarmos em ações de prevenção. A campanha do Janeiro Branco é importante para abordarmos essas questões”, acrescenta o secretário de Saúde, Alceu Gilmar Moretti.

Janeiro Branco

O mês de conscientização sobre a Saúde Mental foi escolhido para ser janeiro por ser o primeiro mês do ano, que promove expectativas, desejos, metas e planos para a vida. Por isso, durante este mês, se busca conscientizar as pessoas sobre a importância de manter a Saúde Mental em dia e rever comportamentos e atitudes que podem ser nocivos ao bem-estar geral. Já a cor branca foi escolhida por, simbolicamente, representar folhas ou telas em branco, projetando mudanças.

Os agravos à Saúde Mental têm tratamentos e podem ser acompanhados por uma equipe multiprofissional pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em Jaraguá do Sul no ano passado foram feitos 37.787 atendimentos nos serviços especializados, os Centros de Atenção Psicossociais (Caps).

Os Caps atendem pessoas que apresentam sintomas graves e persistentes de Saúde Mental, inclusive, por decorrência do uso abusivo de álcool e outras drogas. Esses serviços ainda contam com a articulação da Rede de Saúde como as Unidades Básicas de Saúde, os hospitais e os serviços dos setores de Assistência Social do Município para o cuidado integral dos usuários.

A população pode buscar atendimento nas Unidades Básicas de Saúde e nos Caps para diagnóstico e tratamento da Saúde Mental.