Indenização prévia da Casan aos moradores do Bairro Monte Cristo chega a R$ 1,7 milhão

Foto: Divulgação

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

19/09/2023 - 09:09 - Atualizada em: 19/09/2023 - 09:12

A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) deu continuidade nesta segunda-feira, 18, ao atendimento dos moradores afetados pelo rompimento do reservatório Monte Cristo. Um total de R$1,7 milhão já foi pago em indenizações prévias de bens móveis (que engloba móveis, eletrônicos, eletrodomésticos, vestuário e bens pessoais) e veículos. Das 220 famílias cadastradas da Comunidade do Sapé, 153 já foram atendidas.

Os atendimentos para pagamento da indenização foram retomados nesta segunda pela manhã e à tarde, na unidade da Casan no Estreito. A moradora Andrea Pereira também recebeu a indenização antecipada e elogiou o atendimento.

“Foram bem atenciosos, me explicaram tudo direitinho. O dinheiro já caiu na conta e vou comprar as coisas que perdi, para mim e para as crianças”, disse.

Foto: Divulgação PMJS

Os trabalhos de indenização estão organizados em quatro núcleos (móveis, lucros cessantes, imóveis e veículos). Os atendimentos seguem ao longo desta semana, até que todos os casos sejam analisados.

Além das indenizações, a Casan atende os atingidos pelo rompimento em dois postos montados na comunidade do Sapé. Um deles foi instalado em área próxima ao reservatório R4 para fornecer informações. Outro, localizado na rua José Luís Vieira, ao lado do campo de futebol, serve para o fornecimento de refeições.

A Companhia também disponibiliza uma unidade de UTI móvel para a comunidade, em parceria com a Unimed, com um médico e uma enfermeira atuando oito horas por dia no local. Além disso, está com a contratação de uma empresa especializada para apoio psicológico aos atingidos em andamento. O contrato vai reforçar o apoio dado pela equipe de assistentes sociais e psicólogos da Casan aos moradores desde o dia do acidente.

Canais de atendimento

Ao mesmo tempo em que mantém ponto de acolhimento na comunidade e atendimento presencial para antecipação das indenizações no Estreito, a Casan disponibiliza canais de atendimento por telefone para tratar das demandas dos moradores.

  • Indenização antecipada de móveis/eletrodomésticos e roupas, e outros: (48) 99153-8884
  • Veículos: (48) 99154-2732
  • Danos Imóveis: (48) 99153-8398
  • Demais Informações: atendimentomc@casan.com.br

O atendimento telefônico é realizado das 8h às 18h. Os números também aceitam mensagens pelo WhatsApp, que são respondidas em horário comercial.

Notícias no celular

Whatsapp