Importância da reciclagem é destacada pela supervisora do Samae na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

07/06/2023 - 14:06 - Atualizada em: 09/06/2023 - 11:25

A supervisora de manejo de resíduos sólidos do Samae, Tamires Altini, abordou a importância da reciclagem no município, com o intuito de conscientizar a população sobre essa prática na sessão de terça-feira (6) na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul. A presença de Tamires foi importante, uma vez que o dia 5 de junho marcou a celebração do Dia Mundial do Meio Ambiente, uma data para refletir sobre os desafios ambientais enfrentados globalmente e incentivar a participação em ações que possam fazer a diferença.

Durante o discurso, Tamires ressaltou os múltiplos benefícios que a reciclagem traz para o meio ambiente, a sociedade e a economia local. Entre os pontos enfatizados, estão a redução da poluição do solo, do ar e da água, a manutenção da cidade limpa, a prevenção de entupimentos de bueiros e enchentes, a diminuição do consumo de energia, o aumento da vida útil dos aterros sanitários, a redução do risco de propagação de doenças e a promoção da inclusão social por meio da geração de renda para diversas famílias.

Desde janeiro de 2018, o Samae assumiu a responsabilidade pela coleta de resíduos sólidos em Jaraguá do Sul, englobando tanto o lixo comum quanto o reciclável. A coleta seletiva é realizada semanalmente em bairros da área urbana e rural do município, sendo executada por uma empresa terceirizada. Todo o material coletado é destinado às cooperativas de reciclagem locais, o que fortalece a economia circular na região.

A supervisora também mencionou o Programa Recicla Jaraguá, que busca ampliar e tornar mais eficiente a coleta seletiva na cidade por meio do uso do Saco Verde. Essa iniciativa estabelece que todo o material reciclável seja direcionado às cooperativas credenciadas, responsáveis pela triagem e destinação adequada desses resíduos. Atualmente, Jaraguá do Sul conta com 12 cooperativas que geram emprego e renda para aproximadamente 100 famílias.

Ela ressaltou que, enquanto o Brasil registra, de acordo com dados de 2019 do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), uma taxa de reciclagem de apenas 2,1% do total de resíduos coletados, Jaraguá do Sul destaca-se com um índice de 19,8%, muito acima da média nacional. O município coleta mensalmente cerca de 615 toneladas de material reciclável, totalizando mais de sete mil toneladas ao longo de um ano.

Com o objetivo de incentivar ainda mais a participação da população, o Samae distribui, a cada cinco semanas, cinco sacos verdes para cada residência do município, totalizando cerca de 300 mil sacos em cada entrega. Essa iniciativa visa facilitar a separação adequada dos resíduos recicláveis e contribuir para o aumento dos índices de reciclagem na cidade.

Notícias no celular

Whatsapp