IBGE inicia coleta de dados para pesquisa de saúde da população

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Por: OCP News Criciúma

11/10/2023 - 20:10 - Atualizada em: 11/10/2023 - 20:33

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) iniciou a coleta de informações para a Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde (PNDS) 2023, que se estenderá ao longo dos próximos meses. Esta pesquisa de abrangência nacional visitará 133 mil domicílios em mais de 2,5 mil municípios do Brasil, com os resultados previstos para o último trimestre de 2024.

A PNDS 2023 é realizada em parceria com a Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) do Ministério da Saúde e reunirá informações abrangentes sobre diversos aspectos da vida dos brasileiros, incluindo avaliação do estado de saúde, satisfação com o atendimento de saúde, situações familiares, saúde e nutrição infantil, além de questões sobre a vida individual de homens e mulheres.

Um destaque significativo na PNDS 2023 é a inclusão de questões sobre identidade de gênero e orientação sexual. Pela primeira vez, os entrevistados terão a oportunidade de responder sobre como se identificam em termos de gênero, podendo escolher entre as opções: mulher, mulher trans, homem, homem trans, travesti, não binário e outros. Também haverá a opção de não responder à questão.

Além disso, a coleta de informações sobre a orientação sexual foi aprimorada em relação à pesquisa realizada em 2019, no âmbito da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS). Na PNDS 2023, as opções para responder sobre a orientação sexual incluem: lésbica, gay, heterossexual, bissexual, outro, não sabe ou não quis responder.

O objetivo dessas novas questões é mapear com maior precisão a diversidade de orientações de gênero e orientações sexuais da população brasileira, fornecendo dados que podem embasar políticas públicas e estudos relacionados à saúde e ao bem-estar.

A inclusão dessas questões nas pesquisas estatísticas é vista como um passo importante para dar visibilidade às pessoas LGBTQIA+ e para embasar políticas públicas mais inclusivas. Os dados coletados podem contribuir para a compreensão da realidade e das necessidades dessa parte da população.

A PNDS também inclui questões sobre saúde, como avaliação de saúde física e mental, acesso a serviços de saúde, informações sobre pré-natal e parto, além de dados sobre a saúde de crianças com até 5 anos de idade, como alimentação, desenvolvimento e vacinação.

Essa pesquisa é realizada a cada dez anos no Brasil, sendo esta a quarta edição, mas a primeira conduzida pelo IBGE. A coleta de dados é fundamental para o planejamento e monitoramento de políticas públicas em diversas áreas de saúde e bem-estar da população.

O IBGE assegura que os entrevistadores estarão identificados com crachás e dispositivos de coleta, e os cidadãos podem confirmar a identidade do entrevistador no site Respondendo ao IBGE ou pelo telefone 0800 721 8181, fornecendo o nome, matrícula ou CPF do entrevistador para verificação.

*Com informações de Agência Brasil