Guaramirim confirma três casos de dengue em uma semana

Pixabay

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

28/02/2024 - 15:02 - Atualizada em: 28/02/2024 - 15:45

A Prefeitura de Guaramirim divulgou, na tarde desta quarta-feira (28), um novo boletim com os números de dengue e chikungunya na cidade. Em uma semana, três novos casos foram confirmados, sendo dois deles autóctones, ou seja, de pessoas que contraíram a doença dentro do município.

“Este é o cenário mais preocupante. Significa que o mosquito está transmitindo dengue aqui, em Guaramirim mesmo, e isso pode fazer com que os casos aumentem de forma muito rápida, e de forma exponencial”, afirmou o Secretário Marcelo Deretti.

A fala do Secretário retrata a realidade vivida hoje na cidade. Para transmitir o vírus, primeiramente o mosquito precisa picar uma pessoa infectada. Depois, o mosquito pode picar várias outras pessoas, espalhando a doença na região em que ele está. Quando há o registro de casos autóctones, isso significa que mosquitos da cidade estão carregando o vírus, e quanto mais mosquitos, maiores as chances de o número de pacientes com dengue se multiplicar.

O Secretário faz ainda um apelo: “Por isso é que, mais uma vez, nós pedimos aos guaramirenses: cuide do seu quintal, sua casa, e oriente seus vizinhos. Precisamos urgentemente diminuir os focos de Aedes Aegypti para reduzir a população de mosquitos. Se tivermos menos mosquitos circulando, teremos menos chances de outras pessoas serem infectadas”, concluiu.

Confira em detalhes os números de Guaramirim:

Focos de Aedes aegypti: 67

Casos confirmados de dengue: 31
Importados: 27
Autóctones: 4
Casos suspeitos: 33

Casos confirmados de chikungunya: 1
Importados: 1
Autóctones: 0