Grammy 2023: confira a lista de brasileiros ganhadores da premiação

Foto: Reprodução/Grammy Latino

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

17/11/2023 - 10:11

O Grammy Latino 2023 brindou vários talentos e produções da indústria fonográfica latina na tarde desta quinta-feira (16). Entre os vitoriosos nas categorias destinadas aos artistas brasileiros, destacaram-se figuras como Marília Mendonça e Tiago Iorc.

A 24ª edição da prestigiosa premiação está sendo transmitida ao vivo a partir do Centro de Exposições e Conferências (FIBES), localizado em Sevilha, na Espanha. Uma novidade desta edição é a presença de apresentadores brasileiros de renome, como Anitta e Tiago Iorc.

O Grammy Latino contempla segmentos específicos para as músicas em língua portuguesa, tais como: Melhor Álbum de Pop Contemporâneo, Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa, Melhor Álbum de Música de Raízes, Melhor Interpretação Urbana em Língua Portuguesa, Melhor Canção, Melhor Álbum de Música Sertaneja, Melhor Álbum de Samba/Pagode, Melhor Álbum de Música Popular Brasileira e Melhor Álbum de Música Cristã.

Confira os brasileiros premiados no Grammy Latino 2023:

  • Marília Mendonça: venceu na categoria “Melhor Álbum de Música Sertaneja” com o disco “Descobertas Reais”, lançado em maio de 2023. A artista recebeu uma homenagem póstuma durante a cerimônia.
  • Tiago Iorc: ganhou na categoria “Melhor Canção em Língua Portuguesa” com a parceria “Tudo O Que A Fé Pode Tocar”, junto a Duda Rodrigues. A competição incluiu outras faixas notáveis de Criolo e Ney Matogrosso, Alice Caymmi com Chico César, Djavan e Chico Buarque.
  • Xênia França: levou o prêmio de “Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa” com o álbum “Em Nome da Estrela”. Ao subir ao palco, agradeceu em espanhol e dedicou o prêmio ao universo, a Deus, aos orixás Exu e Oxum, e à sua família.
  • Gaby Amarantos: conquistou o título de “Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa” com “TecnoShow”, destacando sua origem na floresta amazônica do Brasil e na periferia do Pará.
  • Martinho da Vila: recebeu o prêmio de “Melhor Álbum de Samba/Pagode” por “Negra Ópera”. A cantora Simone, que apresentava a categoria, expressou a admiração pelo compositor, mesmo ele não estando presente.

Criolo e Planet Hemp: a música “Distopia” ganhou na categoria “Melhor Interpretação Urbana em Língua Portuguesa”. Além disso, o Planet Hemp levou outra estatueta pela conquista de “Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa” com “Jardineiros”.

Eli Soares: seu álbum “Nós” foi premiado como o “Melhor Álbum de Música Cristã”, embora o artista não estivesse presente para receber o prêmio.

João Donato: postumamente, seu último álbum “Serotonina” recebeu o reconhecimento como o “Melhor Álbum de Música Popular Brasileira” no Grammy Latino 2023. O músico faleceu em julho do mesmo ano.

Shakira: a grande vencedora

Shakira conquistou as categorias de “Melhor Canção Pop” e “Canção do Ano” com uma música feita em parceria com o DJ BZRP, dedicada ao ex-marido Gerard Piqué. A canção, intitulada “Shakira BZRP Music Sessions #53”, alcançou enorme sucesso com quase 100 milhões de visualizações em 48 horas no YouTube e mais de 600 milhões até o momento.

Foto: Reprodução/Instagram

Na premiação, Shakira dedicou o prêmio de “Canção do Ano” aos filhos, prometendo felicidade. Além disso, ela também recebeu o prêmio de “Melhor Fusão/Interpretação Urbana” pela participação na música “TQG” de Karol G, destacando-se ainda mais durante a cerimônia.