Governo federal quer reduzir fila do INSS; concurso deverá contratar 1,7 mil peritos

Foto: Arquivo OCP News

Por: Elisângela Pezzutti

11/07/2023 - 10:07 - Atualizada em: 11/07/2023 - 10:28

O governo federal anunciou nesta terça-feira (11), que fará uma reunião ainda nesta semana para tratar sobre a fila de brasileiros que aguardam perícias médicas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

A declaração foi feita pelo presidente Lula, durante o “Conversa com o Presidente”, sua live semanal, transmitida ao vivo pelas redes sociais. Na opinião do mandatário, “não há explicação” para o tamanho da fila, atualmente em 1,7 milhão. O presidente afirmou ainda que, caso seja necessário, trocará quem “não tem competência” no INSS. O órgão é vinculado ao Ministério da Previdência Social, chefiado por Carlos Lupi.

“Se for isso, a gente tem que ser muito verdadeiro com o povo e dizer porque tem essa fila. Se é falta de funcionário, a gente tem que contratar funcionário, se é falta de competência, a gente tem que trocar quem não tem competência”, acrescentou Lula.

Contratação de peritos

Desde janeiro deste ano, o INSS vem sofrendo problemas nos sistemas do órgão, gerenciados pelo Dataprev, que causaram cancelamento e reagendamento de diversas perícias.

O governo federal já anunciou que pretende abrir um concurso para contratar 1,7 mil peritos. A ideia é que também sejam adotados novos protocolos, como a teleperícia, para agilizar os atendimentos.

 

Notícias no celular

Whatsapp