Governo de SC e BRDE apresentam Programa de Recuperação após enchentes no estado

Foto: Divulgação

Por: OCP News Criciúma

23/10/2023 - 20:10

Por meio de uma ação coordenada pelo Governo de Santa Catarina, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) participou nesta segunda-feira (23), na sede da Defesa Civil, da apresentação de ações emergenciais aos atingidos pelas enchentes em Santa Catarina. A ação faz parte de um conjunto de 18 medidas sociais e econômicas do Governo do Estado para auxiliar famílias e empreendedores prejudicados. O Programa Recupera Santa Catarina deve investir R$ 650 milhões no Estado com atuação de vários órgãos do governo. O BRDE atuará na concessão de linhas de crédito e repactuação de dívidas.

As ações do programa estadual iniciam imediatamente ou no curto prazo e estão divididas em dois pilares: um pacote com 10 iniciativas de caráter social e outro com 8 medidas na área econômica. Para atender as empresas e produtores rurais atingidos pelas recentes chuvas, o BRDE atuará em diversas frentes, por meio dos programas de crédito como o Refin Agro com R$ 30 milhões em postergação de operações e carência; Refin BNDES, com R$35 milhões em postergação de contratos/parcelas, e o Crédito Urbano, com R$150 milhões para novas linhas de crédito voltadas para micro e pequenas empresas, além de microempreendedores individuais (MEIs). As operações serão realizadas em parceria com as cooperativas de crédito e organizações da sociedade civil de interesse público (OSCIPs).

O BRDE também atuará na concessão de crédito para prevenção de desastres naturais. “O banco reconhece a necessidade de organização para eventos futuros, preparando Santa Catarina para respostas melhores diante dos desastres climáticos no médio prazo. A instituição disponibilizará crédito por meio do BRDE Resiliente para as prefeituras. São R$160 milhões para ações de prevenção e mitigação de eventos futuros”, destacou o presidente do BRDE, João Paulo Kleinübing.

O diretor de Acompanhamento e Recuperação de Créditos, Mauro Mariani, destaca que “o BRDE está comprometido a ajudar na reconstrução das micro e pequenas empresas catarinenses, por isso desde o primeiro momento nossas equipes estão atuando para encontrar soluções e apoiar quem mais precisa”, ressalta.

Programa Recupera SC

A atuação em duas frentes, explicou o governador Jorginho Mello, busca acelerar a reconstrução dos lares das famílias catarinenses e também permitir a retomada das principais atividades comerciais e produtivas nas regiões mais prejudicadas pelas chuvas.

“O Estado não mediu esforços na proteção, alertando as pessoas, e teve o maior número de equipes atuando em ações de resgate emergencial da nossa história. Agora, vamos garantir que os catarinenses mais prejudicados tenham um auxílio para recomeçar suas vidas e retomar seus negócios”, destacou o governador.

Pelo menos 3,6 milhões de pessoas foram atingidas direta ou indiretamente nas últimas semanas (47% da população de SC). Já são 153 municípios que declararam situação de emergência (52% do total de cidades catarinenses e 45% do PIB estadual). Quatro cidades decretaram calamidade pública por conta dos estragos com as enchentes. Estima-se que a soma dos danos materiais e dos prejuízos públicos e privados no Estado seja de aproximadamente R$ 1,2 bilhão.