Governador destaca força de SC como destino turístico na abertura da Convenção da CVC

Foto: Roberto Zacarias / SECOM

Por: Claudio Costa

04/06/2023 - 13:06 - Atualizada em: 04/06/2023 - 16:39

O governador Jorginho Mello participou, na manhã deste domingo (4), da abertura do maior encontro da América Latina do setor de vendas no turismo.

A Convenção de Vendas 2023 da CVC, maior operadora de viagens do Brasil, que ocorre Expocentro Balneário Camboriú Júlio Tedesco até a próxima quarta-feira, 7.

Esta é primeira vez que a Convenção ocorre no estado e será a segunda vez na região Sul.

A expectativa é que o evento reúna mais de 1.350 pessoas entre franqueados, master franqueados, gerentes de lojas, executivos da empresa e parceiros. A convenção tem o apoio do Governo do Estado.

“Santa Catarina quem conhece se encanta não tenho dúvida disso. Nós estamos mostrando isso para o Brasil e esse evento da CVC é mais uma grande oportunidade porque reúne vendedores, profissionais, gente que faz o turismo girar o Brasil. Santa Catarina dá as boas vindas a todos eles, mostrando o que nós temos de melhor e potencial neste setor que já representa 14% do PIB do estado”, disse o governador Jorginho Mello.

Durante o encontro, os executivos da CVC Corp e as autoridades locais falaram sobre o cenário do turismo, nesse ano que marca a retomada do setor, e sobre a preferência dos catarinenses em suas viagens e as oportunidades para a região.

O objetivo da CVC ao levar para o destino sua Convenção de Vendas, maior evento com franqueados e líderes da marca, é promover inovação, novos roteiros que possam gerar cada vez mais negócios para a região e movimentar a economia local.

Atualmente, os estados que mais enviam turistas a Santa Catarina são: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Espírito Santo.

SC apresentará destinos

Na edição deste ano, a CVC também volta com as salas de capacitação de parceiros e destinos, e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo, estará presente com um estande, para apresentar seus produtos e novidades sobre os destinos para a força de vendas da marca.

No espaço, terá uma sala de capacitação para 1,1 mil operadores e um estande com a participação de municípios catarinenses.

“Um evento importante para Santa Catarina. Um momento de reposicionamento do estado, de um aproveitamento de todas as estações do ano em nosso calendário. Santa Catarina tem uma particularidade muito grande em relação aos outros estados, nós temos aqui todas as estações do ano bem consolidadas e bem alinhadas, então é um ótimo momento pra que a gente possa mostrar Santa Catarina para essa grande operadora e fazer com que ela mostre a nossa força”, destacou o secretário de Estado do Turismo, Evandro Neiva.

Para Fábio Godinho, novo CEO da CVC Corp, Santa Catarina tem excelentes opções pra oferecer aos turistas do Brasil, com uma estrutura de aeroportos e diversas opções de destinos. “Estamos muito felizes de participar dessa história do turismo de Santa Catarina, poder ajudar a vender esse grande estado. Agradecer muito ao governador Jorginho Mello, por todo apoio e a ajuda a nossa convenção este ano”, pontuou.

No último dia do evento, ocorrerá o maior famtour – viagens de familiarização, onde os agentes de viagens são convidados a conhecer os produtos e serviços turísticos de um destino – da história de Santa Catarina, com mais de mil pessoas visitando os principais atrativos turísticos de Balneário Camboriú, um city tour por Blumenau, além de visita ao Beto Carrero World. Esse tipo de viagem favorece o conhecimento dos líderes, para melhores recomendações aos clientes, em viagens à cidade.

Números do Turismo em SC

Na temporada de verão 2023, dentre as pessoas que visitaram o Litoral Catarinense em 2023, o tempo médio de permanência dos turistas foi de 10,6 dias. A média geral dos gastos foi de R$ 4.937, gerando um impacto econômico estimado em R$ 3,7 bilhões nesta temporada.

A maioria do público (83%) são brasileiros (39,1% SC; 19,9% RS; 12% PR; 7% SP). Houve aumento da presença de turistas argentinos em relação à temporada de 2022, consolidando em 12,4%; 2,1% uruguaios e 1,8% paraguaios.

Temporada Inverno 2022

Dentre as pessoas que visitaram a Serra Catarinense em 2022, o tempo médio de permanência dos turistas na Serra Catarinense foi de 3,4 dias (superior ao ano anterior – 2,8 dias). A média geral dos gastos foi de R$ 2.131, gerando um impacto econômico estimado em R$ 608 milhões nesta temporada.

Na tabela abaixo o fluxo de visitantes ao estado: