Freira desvia mais de R$ 4 milhões de escola para jogar em cassino nos EUA

Foto: Arquivo pessoal

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

24/06/2021 - 09:06 - Atualizada em: 24/06/2021 - 09:31

Nos Estados Unidos uma freira, de 79 anos, que atuou como diretora da St. James Catholic School, em Torrance na Califórnia, está sendo acusada de desviar US$ 835 mil (cerca de R$ 4,2 milhões) para financiar o seu vício em apostas de cassinos. Atualmente a irmã não exerce mais as atividades religiosas.

O caso de Mary Margaret Kreuper foi apresentado pela promotoria este mês. De acordo com o “Washington Post”, os advogados da freira afirmaram que a cliente está bastante arrependida do que fez.

“Assim que foi confrontada, ela aceitou total responsabilidade e está cooperando completamente com as autoridades e com a arquidiocese”, informou em nota a defesa.

No início de cada ano letivo, Mary Margaret desviava parte do dinheiro pago da matrícula pelos pais dos alunos. Até doações acabavam indo para a conta bancária da religiosa.

Foto: Reprodução/Google Street View

Mary se tornou diretora da escola em 1990, mas só após a aposentadoria que o caso de desvio de dinheiro foi exposto.

Para não ser descoberta, a freira falsificava os relatórios financeiros mensais e anuais da escola. Ela acabou admitindo no acordo de confissão.

Ainda foi acrescentado pelos promotores que, durante uma auditoria escolar, a freira instruiu os funcionários da escola a alterar e destruir os registros financeiros.

O esquema de desvio de dinheiro para alimentar o vício por jogos de cassinos durou até setembro de 2018, quando ela se aposentou. Mary Margaret pode ser condenada a até 40 anos de prisão pelo crime federal.