Formação de frente fria mantém alerta de chuva e temporais nesta quarta-feira

Foto: OCP News Criciúma

Por: OCP News Criciúma

17/01/2024 - 08:01 - Atualizada em: 17/01/2024 - 08:07

Nesta quarta-feira, a formação de uma frente fria sobre o RS e seu avanço por SC favorece a ocorrência de chuva e temporais nas áreas de divisa com o estado vizinho desde a madrugada e manhã.

A temperatura fica mais amena com máxima que não deve passar de 24 graus em Criciúma.

Ao longo do dia, o avanço das instabilidades pelo estado somado à oferta de calor e umidade, intensifica os temporais que avançam em direção às demais áreas.

O risco é alto para ocorrências relacionadas à chuva intensa e volumosa, como alagamentos e enxurradas pontuais nas áreas de divisa com o RS e centro/leste, incluindo trechos do Grande Oeste, Litoral Sul, Planalto Sul, Vale do Itajaí e Grande Florianópolis e moderado para ocorrências relacionadas aos temporais isolados nas demais áreas.

Os ventos sopram de direção noroeste/oeste em todo o estado ao longo da manhã, virando de direção sudeste/leste a partir da tarde no litoral e em áreas próximas, com rajadas de até 70 km/h em todas as regiões, com valores pontualmente superiores com risco baixo a moderado associados aos ventos.

Ao longo de toda quinta-feira (18), o tempo permanece instável no estado, devido à influência da frente fria combinada a uma área de baixa pressão. O risco é moderado a alto para ocorrências relacionadas aos temporais como: destelhamentos, danos na rede elétrica, alagamentos e enxurradas pontuais.

O vento sopra com intensidade fraca a moderada, de direção noroeste/oeste do Grande Oeste aos planaltos e de direção sul/sudeste no litoral e em áreas próximas com rajadas entre 50 e 70 km/h nas áreas de divisa com o PR (Grande Oeste e Planalto Norte) à tarde. A sensação de calor e abafamento permanece.

O mar fica mais agitado no Litoral Sul no final do dia com ondas de sudeste próximas dos dois metros.

Na sexta-feira (19), com o deslocamento para o norte da frente fria, a instabilidade diminui sobre grande parte do estado. No entanto, a atmosfera instável pela influência de uma área de baixa pressão e o fluxo de ar quente e úmido, segue mantendo a condição para temporais isolados nas áreas de divisa com o Paraná, incluindo o Grande Oeste, Planalto Norte e Litoral Norte. O risco é baixo a moderado para ocorrências meteorológicas.

Nas demais áreas, sol e variação de nuvens. Entre os pontos mais altos da serra, Litoral Sul, Grd. Florianópolis e Baixo e Médio Vale do Itajaí, a circulação de umidade gerada pela formação de um ciclone extratropical em alto mar mantém a condição para chuvas fracas esparsas sem risco para ocorrências meteorológicas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Defesa Civil de Santa Catarina