Equipe de robótica Wickedbotz, da Católica SC, busca mais um título na Campus Party Brasil

Divulgação/Católica SC

Por: Pedro Leal

25/07/2023 - 10:07 - Atualizada em: 25/07/2023 - 10:50

Um festival de tecnologia, empreendedorismo, ciência e criatividade acontece em São Paulo segue desta terça-feira (25) até o domingo (30). É a Campus Party Brasil, a maior experiência geek do mundo, que já teve mais de 70 edições em 30 países.

Dentro da Campus, acontece também a RCX – Robocore Experience, a maior competição de robôs da América Latina, que reúne equipes do Brasil e de outros países para disputar batalhas e desafios com suas máquinas inteligentes.

Uma das equipes que vai participar da RCX é a Wickedbotz, da Católica SC, formada por alunos de vários cursos dos campi de Joinville e Jaraguá do Sul, como Engenharia Elétrica, Design e Engenharia de Software.

A Wickedbotz existe há mais de 10 anos e já conquistou vários títulos, como tri campeã no seguidor de linha júnior (2017, 2018 e 2019), bi campeã no seguidor de linha pró (2017 e 2018) e bi campeã na categoria Trekking (2014 e 2022). Agora, ela vai em busca do tri campeonato na RCX.

Nesta edição, a equipe irá disputar em arenas de luta, mostrando o que a inteligência artificial embarcada é capaz de fazer sem a intervenção humana. Além de outras cinco categorias diferentes:

  • Trekking indoor: os robôs devem navegar por um ambiente sem ajuda humana, usando programação, visão computacional e georreferenciamento para reconhecer e seguir marcos específicos, evitando obstáculos. A equipe vai com dois robôs, um deles é o campeão brasileiro de 2022.
  • Seguidor de linha pró: os robôs devem seguir uma linha branca sobre um fundo preto o mais rápido possível. Eles usam sensores ópticos e motores para controlar o movimento e a velocidade. A pista tem quase 50 metros de retas, curvas e bifurcações.
  • Combate nas categorias Fairyweight, Antweight e Hobbyweight: os robôs devem tentar destruir ou imobilizar o robô adversário em batalhas de até 3 minutos; eles têm um limite de peso de 150g, 454g e 5,44kg, respectivamente; e podem enfrentar inimigos com armas giratórias, serras, martelos, lança-chamas e outras formas de ataque.

O professor Manfred Heil Júnior, do curso de Engenharia de Software e mentor da equipe Wickedbotz, diz que a expectativa para a competição é grande. “Temos chances reais de alcançar um ou mais lugares no podium”, afirma.