Em Criciúma, profissionais da rede municipal de ensino recebem capacitação em noções básicas de primeiros socorros

Fotos: Divulgação/Decom

Por: OCP News Criciúma

23/10/2023 - 16:10 - Atualizada em: 23/10/2023 - 16:38

Uma capacitação de primeiros socorros, promovida pela Prefeitura de Criciúma, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), capacitou 63 profissionais das escolas da rede municipal de ensino. A capacitação visou preparar os profissionais da área da educação para atuar em possíveis emergências no âmbito escolar.

 

“Manter nossos profissionais capacitados para agir rapidamente em situações de emergência não se trata apenas do cumprimento de uma lei, mas é uma forma de garantirmos que nossos ambientes de aprendizado sejam seguros e preparados para proteger a vida dos nossos estudantes, melhorando a confiança dos pais e responsáveis nas instituições de ensino”, afirma o secretário municipal de Educação, Celito Cardoso.

 

A ação foi ministrada pela enfermeira, Sandra Helena, que é pós-graduada em Cardiologia e Administração Hospitalar e mestranda em Saúde Coletiva.

 

Os participantes da capacitação estiveram envolvidos, durante oito horas, em exercícios e treinamentos para agir em situações de choque elétrico, engasgo, fraturas, queimaduras, convulsões, febre, pequenas lesões, entorses, parada cardiorrespiratória, hemorragias, desmaios e como e quando fazer o uso de torniquete, além de compreender melhor como funciona o transporte feito pelos serviços de emergência: Samu, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Defesa Civil.

 

“Essa formação faz com que os educadores auxiliem de forma significativa nas emergências em que possam vir a se deparar, pensando sempre em diminuir a possibilidade de agravamento do estado em que os estudantes possam se encontrar”, explica Sandra.

 

Além de necessária, a capacitação de profissionais para agir em situações de emergência é indispensável, de acordo com a lei nº 13.722, denominada “Lei Lucas”, que torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil.

 

“Além de garantirmos o cumprimento da Lei Lucas na rede municipal de ensino de Criciúma, o momento da capacitação nos possibilitou compreender melhor sobre algumas situações corriqueiras do espaço escolar e como podemos proceder nessas situações que necessitem de primeiros socorros, pensando e mantendo sempre o bem-estar dos nossos estudantes e colegas”, relata o coordenador pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, Guilherme Neves.