Dono de porteira contesta moradores do Rio Bonito

Por: OCP News Jaraguá do Sul

07/02/2016 - 13:02

O empresário e produtor rural Anderson Alan Del Sent, proprietário de 395 mil metros quadrados na localidade de Rio Bonito, em Massaranduba, contesta a versão de que descumpre a liminar assinada pelo juiz Estevão Berkenbrock, para reintegração de posse da servidão que liga a comunidade ao Braço Paula Ramos, em Luiz Alves. Ele afirma que libera a passagem para a comunidade e impede apenas o trajeto para trilheiros, por questões de segurança.

A decisão vigora desde o dia 5 de setembro de 2013 e foi cumprida por um oficial de Justiça, que retirou os dois cadeados, dois pedaços de corrente e duas placas de “Proibido a entrada de pessoas não autorizadas”. O caso foi trazido pela reportagem do jornal OCP na quarta-feira (3)

Na Prefeitura de Massaranduba, uma certidão emitida pelo secretário de Planejamento, Fabiano Spézia, no dia 3 de julho de 2014, afirma que a via municipal secundária conhecida popularmente como “Estrada Paula Ramos” está representada no mapa da cidade.

“Nenhuma das três porteiras está com cadeado. É só buzinar e pedir ao caseiro, Vilson. Só não permito a passagem de trilheiros e de veículos off road, por uma questão de segurança. Tenho uma filha de quatro anos que anda pelo terreno”, diz o proprietário.

Ele também afirma não ter interesse de abrir a área para visitação turística. “Estou investindo na criação de gado. Quero anexar lucratividade com lazer para a família”, afirma. A decisão definitiva sobre o caso caberá à Comarca de Guaramirim.