Defesa Civil de Santa Catarina monitora condição de alerta para temporais

Por: OCP News Criciúma

17/01/2023 - 21:01 - Atualizada em: 17/01/2023 - 21:49

O governador Jorginho Mello acompanhou, na sede da Defesa Civil de Santa Catarina, o monitoramento da situação de alerta para o estado.

Técnicos em meteorologia chamam atenção para temporais até a madrugada desta quarta-feira, 18, para algumas regiões. Existe a previsão de chuva intensa, raios e rajadas de vento e granizo.

As regiões em atenção são: Litoral Norte, Grande Florianópolis, Alto Vale do Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Baixo Vale do Itajaí e Planalto Norte. Já as regiões em observação para temporais são: Meio-Oeste, Litoral Sul e Planalto Sul.

Jorginho Mello destacou a atuação dos profissionais envolvidos no monitoramento e no atendimento à população.

“Precisamos aperfeiçoar ainda mais o nosso trabalho quando temos o registro de uma catástrofe natural no nosso estado. Vamos trabalhar em conjunto com as prefeituras para diminuir o tempo de resposta e o atendimento, caso haja uma ocorrência grave em algum dos nossos 295 municípios”, observou o governador.

Atenção

“Recomendamos que a população fique atenta a essas condições e também acompanhe as atualizações dos avisos e alertas pelas redes sociais da Defesa Civil de Santa Catarina. Também é possível se cadastrar para receber os alertas por SMS através do número 40199. Mandando uma mensagem de texto com o número do seu CEP”, destacou o coordenador de monitoramento e alerta da Defesa Civil, Frederico Rudorff.

O monitoramento observa as mudanças climáticas já a partir da tarde desta terça e vai até as 3h da madrugada desta quarta. A Defesa Civil orienta as pessoas a redobrarem os cuidados para os perigos desses temporais localizados.

Como se proteger em caso de temporais:

  • Abrigue-se em local seguro e fechado
  • Evite lugares desprotegidos ou embaixo de árvores
  • Não fique em áreas abertas como campo de futebol ou estacionamento
  • Evite engarrafamentos em ruas atingidas pelo temporal
  • Não estacione perto de árvores, rede elétrica ou placas de propagandas
  • Afaste-se de estruturas altas como torres ou linhas telefônicas

Emergências é só ligar no telefone 199 da Defesa Civil ou 193 dos Bombeiros