Defesa Civil conclui que supercélula atingiu a região no sábado; entenda o fenômeno

Por: OCP News Criciúma

08/03/2023 - 11:03 - Atualizada em: 08/03/2023 - 11:09

A tarde do último sábado foi marcada pela ocorrência de temporais com chuva intensa e fortes rajadas de vento no Litoral Sul catarinense.

Segundo a Defesa Civil de Santa Catarina (DC/SC), temporais foram provocados pela combinação do fluxo de ar quente e úmido vindo da região amazônica, da formação de uma área de baixa pressão no mar e do aquecimento diurno.

Em Balneário Arroio do Silva, entre às 17h30min e 18h, uma intensa tempestade atingiu a região, provocando fortes rajadas de vento.

Cerca de 50 casas foram danificadas, além da queda de postes da rede elétrica.

Através dos produtos do radar meteorológico de Lontras e das imagens aéreas e in loco dos danos, a equipe de meteorologia da DC/SC concluiu que uma supercélula atingiu a região.

“Este fenômeno é capaz de provocar rajadas em torno de 100 km/h a medida em que se aproxima de uma região, sendo esta foi a velocidade estimada pelo radar de Lontras e também a registrada na estação meteorológica de Araranguá (103 km/h às 18h). Assim, o evento foi classificado como Tempestade local/convectiva – Vendaval: COBRADE 1.3.2.1.5”, explicou a DC/SC.

Imagem do radar meteorológico de Lontras, produto CAPPI (dBZ), onde é possível identificar a estrutura da supercélula que atingiu a cidade de Balneário Arroio do Silva, às 20h45min UTC (17h45min do horário local). Fonte: DC/SC