Corupá é destaque em atrações turísticas e belezas naturais

Foto: Divulgação

Por: Maria Luiza Venturelli

13/08/2022 - 07:08 - Atualizada em: 23/05/2024 - 13:21

Quem aprecia o ecoturismo não pode deixar de visitar Corupá. A cidade conta com uma combinação de belas cachoeiras, grandes montanhas e muito verde, atrativos que prometem conquistar o coração e encher os olhos dos turistas e moradores. Locais como a Rota das Cachoeiras, o Parque Natural do Braço Esquerdo e o tradicional passeio de Maria Fumaça estão no roteiro de atrações da região.

Aos pés da Serra do Mar, em um vale rodeado de quedas de água e Mata Atlântica, a cidade tem o turismo como uma das principais atividades econômicas. Grande parte dos bons resultados se devem ao trabalho em conjunto da Secretaria de Turismo de Corupá, do Núcleo de Turismo da ACIAC e do Conselho Municipal de Turismo de Corupá (Comtur).

“Devido a pandemia, é difícil ter uma projeção de quantos turistas visitam Corupá anualmente, pois o número caiu e o controle ficou mais complicado. Quando a Rota das Cachoeiras estava funcionando, tinha uma média de 30 mil visitas anualmente na rota. Em 2022, a gente projeta um total em torno de 150 mil turistas. Já o Bananalama trouxe cerca de 60 mil pessoas para a cidade”, relata o secretário de Turismo, Esporte, Cultura e Lazer da Prefeitura de Corupá, Loriano Rogério Costa, conhecido como Kutcha.

Rota das Cachoeiras

Foto: Arquivo OCP News

Um dos belíssimos cartões postais de Corupá, a rota atrai visitantes que procuram se conectar com a fauna e flora local e apreciar belezas naturais encantadoras. O lugar tem uma trilha de seis quilômetros, de nível moderado, que conta com uma infraestrutura que ajuda a seguir adiante, um percurso muito bem sinalizado com placas de indicação, nome da cachoeira e se o banho é permitido.

A caminhada chega a 370 metros de altitude e leva cerca de quatro horas para ser concluída. O final reserva as maiores surpresas, com a maior cachoeira de todo o trajeto, que foi batizada de Salto Grande e possui mais de 143 metros de queda, com um cenário natural ideal para fazer belos registros.

No momento a atração está temporariamente fechada para reforma, mas existe a previsão de reabertura com muitas novidades para tornar a experiência do visitante ainda mais inesquecível. Além de toda a beleza natural, o local possui uma boa infraestrutura de estacionamento, banheiros com chuveiro e churrasqueiras.

Gruta da Santa

Foto: Arquivo OCP News

Natureza, fé e mistérios são alguns dos aspectos que compõem um dos lugares paradisíacos mais procurados por moradores e turistas cheios de devoção em busca de milagres. A história conta que há mais de 100 anos, em 1917, três crianças avistaram uma aparição de Jesus e Maria na gruta. Até os dias de hoje, além da fé, o som dos pássaros e a água calma da cachoeira fascinam a todos que a visitam.

No dia 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida, fiéis percorrem o trajeto rumo à gruta a pé, segurando velas e imagens de santos. Para conhecer o lugar, basta seguir pela estrada Ribeirão Correias. A 400 metros de um depósito de bananas, fica uma escada de concreto que dá acesso à gruta.

“Em outubro vai ter a caminhada da santa, que já é uma tradição. Estamos visando aproveitar mais a data em si, fazer um pedal da santa e uma caminhada mais organizada, com inscrição. É um evento que está sendo desenhado, mas deve atrair um bom público”, conta Kucha.

Parque Ecológico Natural do Braço Esquerdo

Foto: Glauce / Secretaria de Turismo de Corupá

Localizado entre as montanhas que ligam Corupá e São Bento do Sul, o parque tem atrativos que proporcionam momentos únicos para os visitantes. Trilhas com diversos níveis de dificuldade, escalada para iniciantes e profissionais, cachoeiras, paisagens naturais preservadas e exuberantes, caverna, rapel e área para acampar são algumas das atrações do local.

Além de belezas naturais, também possui uma infraestrutura completa que conta com estacionamento, loja de conveniência, banheiros com chuveiros quentes, lanchonete e camping coberto. O local faz tudo o que é possível para manter a preservação da fauna e flora, por isso, conta com áreas restritas à circulação de pessoas.

Passeio de Maria Fumaça

Foto: Arquivo OCP News

É impossível deixar de fora da lista um dos roteiros turísticos mais emocionantes da região, que reserva um trajeto repleto de lugares paradisíacos e paisagens de tirar o fôlego. O passeio é todo feito em uma locomotiva à vapor de 1950 e percorre um trecho de 60 quilômetros, que corta a Serra do Mar.

É realizado em dois fins de semana por mês. No sábado, a saída é de Rio Negrinho, tendo Corupá como destino final. Já no domingo é possível fazer o percurso de subida, com saída de Corupá e chegada a Rio Negrinho. O caminho tem cinco túneis, além de viadutos e pontes.

Foto: Divulgação

O destaque vai para a beleza da natureza da serra, que conta com mata atlântica preservada e enormes árvores, rios e corredeiras, mas a chegada e saída de Corupá também é movimentada: há uma feira que marca a saída e chegada na estação ferroviária. “A gente prepara uma feirinha de artesanato com produtos locais, traz apresentações culturais, bandinhas, animação e café. É um momento que os turistas gostam bastante”, conta o secretário de Turismo.

Dias do passeio nos próximos meses:

  • Agosto – 20 e 21
  • Setembro – 10, 11, 17 e 18
  • Outubro – 15, 16, 22 e 23
  • Novembro – 12, 13, 19 e 20
  • Dezembro – 10, 11, 17 e 18

Seminário de Corupá

Foto: Arquivo OCP News

Um dos pontos turísticos mais conhecidos de Corupá, o Seminário pertence à Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. Mas não é só pelas belezas religiosas, arquitetônicas e históricas que o lugar chama a atenção, pois as paisagens naturais também se destacam. Com 20 mil metros quadrados de área construída, abriga capela, museu, teatro, fábrica de velas, pavilhão de eventos, restaurante e campos de futebol.

Para os amantes da natureza, possui dois jardins principais abertos para visitação. O maior deles fica na frente do prédio mais antigo, o de tijolo à vista, onde arbustos formam um labirinto na grama, além de uma imagem do Sagrado Coração de Jesus que enfeita o local. O outro espaço é o jardim interno, que fica próximo ao museu e abriga a antiga fonte de água do Seminário de Corupá.

Os visitantes também podem aproveitar a beleza do local e os dias de sol para sentar na grama, apreciar a vista e fazer um piquenique. Não é permitido levar bebidas alcoólicas ou ouvir som em volume alto. Também é importante lembrar de limpar os resíduos do local para manter o espaço sempre limpo.

Circuito das Araucárias e Vale dos Encantos

Foto: Valmir Singh

Para os amantes de pedaladas, o Circuito das Araucárias passa pelas terras corupaenses e tem um roteiro repleto de atrativos naturais, históricos e também gastronômicos e culturais. São 270 quilômetros de extensão para quem quer pedalar e mais 352 para caminhar pelo Circuito das Araucárias. Ao longo do caminho, a fauna e flora revelam lindas cachoeiras, rios, lagos, grutas, cavernas, vales e montanhas, formando uma paisagem inesquecível.

Os trechos se entrelaçam pela extensão de outras cidades do Planalto Norte Catarinense. Além de Corupá, Campo Alegre, Rio Negrinho e São Bento do Sul também fazem parte do percurso. A Mata Atlântica é bem preservada, mesclada com florestas de imponentes e belas araucárias.

O Circuito Vale dos Encantos tem 500 quilômetros de extensão e também percorre as terras corupaenses, dividido entre Rota Serra e Mar. A Rota Serra do passeio é a que passa por Corupá, caracterizada pela passagem por áreas rurais e pelas serras da região, acumulando grandes subidas, natureza diversificada, além de paisagens em meio a cachoeiras, montanhas e vales.

Foto: Prefeitura de Jaraguá do Sul

Recanto Prainha da Oma

Foto: Arquivo OCP News

O lugar fica às margens do Rio Pedra de Amolar, com uma trilha de aproximadamente 700 metros e pontos para banho. Além de espaço para passeio, conta com cancha de bocha, mesa de sinuca e estacionamento, além de um restaurante com várias opções de comida caseira.

O local não cobra ingresso, não é permitida entrada com qualquer tipo de bebida e está aberto para visitação nas sextas-feiras a partir das 18h e aos sábados a partir das 13h, com serviços de bar e lanchonete. Aos domingos a partir das 8h, com almoço das 11h30 às 13h30.

Próximos planos

Eventos como Fecaplant, Bananalama e Natural Fest marcaram o ano da cidade e movimentaram a rotina de moradores da região, mas os planos não param por aí.

Nos dias 19, 20 e 21 de agosto, vai ocorrer a Semana da Banana, na estação ferroviária. Além do passeio de Maria Fumaça, a rua vai ser fechada com tendas de food truck, atrações musicais, culturais, comercialização de artesanatos e produtos locais, praça de alimentação e exposição de bananas. “É um evento que traz um giro para a cidade, atrai pessoas de Corupá, mas também gente de fora, principalmente quem vai pela Maria Fumaça”, explica Kutcha.

O evento é promovido pela Associação dos Bananicultores de Corupá (ASBANCO), em parceria com a Prefeitura de Corupá, através da Secretaria de Turismo, Esporte, Cultura e Lazer, Secretaria de Educação e de Agricultura e Meio Ambiente.

O mês de agosto também será marcado pelo Décimo Trilhão de Corupá, promovido pelo Jeep Club, no dia 27. A cidade conta com diversos eventos realizados pelos trilheiros, que são uma das marcas registradas da região. Já o mês de outubro terá um encontro estadual de motorhomes a ser realizado no Seminário de Corupá. Em 2023, o município tem planos de promover um encontro nacional.

“Atualmente existe uma expectativa de 200 motorhomes participando deste momento. Temos um ponto de acolhida de motorhomes aqui no ginásio de esportes de Corupá. eles vem no intuito de ficar ali um dia, virar a noite e depois seguir viagem, mas com os atrativos da cidade acabam ficando mais tempo, de quatro a seis dias, além de ajudar na rotação do comércio local e na divulgação da cidade”, finaliza o secretário de Turismo de Corupá.

Em dezembro, a cidade vai ser movimentada pelo Natal de Hansa, com uma programação lotada de diversas atrações diversificadas que prometem balançar toda a região.

 

Notícias no celular

Whatsapp

Maria Luiza Venturelli

Jornalista apaixonada por contar histórias inspiradoras, formada pela Faculdade Ielusc