Campanha alerta para prevenção de acidentes com a rede elétrica

Foto: Imagem ilustrativa/Pixabay

Por: Elisângela Pezzutti

15/07/2023 - 19:07 - Atualizada em: 15/07/2023 - 19:09

A Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) antecipou para este mês de julho o início da 17ª Campanha Nacional de Segurança para a Prevenção de Acidentes com a Rede Elétrica.

A Semana Nacional de Segurança com Energia Elétrica acontece sempre no início de agosto, mas foi adiantada para ampliar a divulgação sobre o tema, já que em julho se tem, normalmente, as férias escolares com as crianças se colocando em uma maior exposição de risco, segundo o presidente da Associação, Marcos Madureira.

Os dados da Abradee apontam que em 2022 foram registrados 756 acidentes envolvendo a rede elétrica, sendo 270 fatais. Em relação ao ano anterior, foram 35 mortes a menos, enquanto o número total de acidentes caiu em 80 ocorrências.

Marco Madureira disse, em entrevista à Agência Brasil, que embora tenha havido uma queda no número de acidentes em comparação ao ano de 2021, essa redução não foi significativa frente aos objetivos pretendidos com as campanhas, e o alerta permanece.

“Nossa intenção, de fato, é zerar o número de acidentes, principalmente os acidentes fatais, e na medida que a população vai tomando conhecimento dos riscos e se conscientizando quanto aos cuidados que se deve ter em relação à rede elétrica irá colaborar para uma maior redução”, disse Marcos Madureira.

Segundo ele, a entidade e as 39 distribuidoras associadas buscam chamar a atenção da população para as orientações e os cuidados necessários relacionadas ao uso seguro da rede e à preservação de vidas.

“A segurança em relação à rede elétrica é uma questão crucial e deve ser abordada com muita seriedade. Acidentes envolvendo eletricidade podem ter consequências graves, incluindo ferimentos e até mesmo perda de vidas. As distribuidoras tratam o assunto como prioridade e essa campanha visa justamente a essa ampla conscientização da população, protegendo e preservando vidas”, reforçou o presidente da Abradee.

De acordo com Marcos Madureira, os maiores índices de acidentes com a rede elétrica são observados no momento da construção ou manutenção predial, em que trabalhadores, por descuido ou erro, tocam a rede eletrificada; em casos de furto de condutor ou equipamento da rede e quando se faz uma ligação clandestina, conhecida popularmente como “gato”.

Campanha

A campanha busca focar em itens mais significativos para cada região, sendo mais específica em algumas ações para que a população esteja informada sobre os riscos e os cuidados a serem tomados em relação ao contato com a rede elétrica.

“O objetivo é que a mensagem chegue à população. Precisamos trabalhar para desconstruir alguns jargões populares como ‘Eu sempre fiz e nunca aconteceu nada!’, ‘É só puxar esse fio’, ‘Nunca aconteceu comigo’”, ressaltou Marcos Madureira.

O presidente da Abradee deu ênfase ao slogan da campanha Se ligue! Entre a vida e a sorte, escolha viver com segurança, ressaltando que a segurança em relação à rede elétrica é uma questão crucial e deve ser abordada com muita seriedade.

Museu Nacional

Em 2018, um incêndio de grandes proporções destruiu o Museu Nacional, no Rio de Janeiro. Após a perícia, ficou comprovado que as chamas foram iniciadas a partir de um curto-circuito causado pelo superaquecimento em um aparelho de ar-condicionado causado por uma gambiarra elétrica e também não havia aterramento elétrico. Acredita-se que o fato ocorreu por falta de manutenção adequada e de investimentos.

Fonte: Agência Brasil

Notícias no celular

Whatsapp