Associação de Assistência aos Portadores e Ex-Portadores de Câncer inaugura brechó em Barra Velha

Foto: Divulgação

Por: OCP News Joinville

09/03/2023 - 19:03 - Atualizada em: 09/03/2023 - 19:54

Um novo e importante passo para a luta pela prevenção ao câncer e apoio aos pacientes da doença foi dado na última semana, em Barra Velha, no Litoral Norte catarinense

A Associação de Assistência aos Portadores e Ex-portadores de Câncer (Aapec) inaugurou seu novo brechó beneficente, em amplo e moderno espaço localizado no centro da cidade.

A associação, fundada em 2009, tem no brechó sua principal fonte de renda para manutenção das atividades voltadas aos pacientes locais. O brechó tradicional, localizado em frente ao porto das canoas dos pescadores, virou ponto de referência desse trabalho.

Mas a família proprietária solicitou o encerramento da locação, em virtude da venda do prédio.

A partir daí, a equipe de voluntários presidida por Loreti Torres procurou novo imóvel, e o encontrou: a sala da antiga “Casa Santa Rosa”, na Avenida Santa Catarina, nº 1377, também no centro (em frente à Instaladora Valdrich).

Num amplo espaço, foi possível montar a estrutura ampliada do brechó. A sala terá custo de locação maior em relação ao valor anterior pago no endereço anterior, por conta da metragem e estrutura oferecida.

Por conta disso, Loreti Torres e diretoria pedem que a comunidade divulgue mais e mais o novo brechó, e faça suas compras no local.

“Precisamos não apenas manter as vendas, mas ampliá-las. É daqui que sai o custeio de nossos funcionários, e também das atividades mensais da entidade”, reforça Loreti. A AAPEC pede ainda a doação de tudo que tenha boas condições de uso, desde vestuário adulto e infantil, calçados e itens diversos.

Também são aceitos livros, utensílios domésticos e até mesmo mobiliário – tudo é revertido em vendas para a associação, que atualmente atende entre 100 a 140 pacientes de câncer mensalmente, com transporte, custeio de medicações, orientações sobre exames, acompanhamento psicológico e emocional e até mesmo cestas básicas, se necessário.

A presidente e sua diretoria também agradecem à família Pires, dona do imóvel anterior, pelo apoio em todos os anos em que o brechó lá esteve. “O endereço anterior foi muito importante para também dar visibilidade à presença e atuação da AAPEC na cidade”, cita Loreti.

Bênção do padre André

A inauguração ocorreu em clima de fraternidade e empenho dos voluntários da AAPEC. A coordenação segue a cargo da funcionária Marinalva Toth, num trabalho que envolve pessoas como a jornalista Kukinha Kulka, de Penha.

Ela o esposo, o também jornalista Rodrigo Knack, de Penha, acompanham e divulgam o trabalho da AAPEC há 12 anos.

“Para mim é uma satisfação. Estamos sempre aqui, apoiando e divulgando, desde os tempos da dona Laurita”, reforça Kulkinha. Rodrigo também reforça o apoio à AAPEC nos veículos de comunicação do casal – o portal Aqui e a Revista Livre, como forma de parceria.

Outra colaboradora é a popular Tetê, do bairro São Cristóvão em Barra Velha. Ela diz que não apenas compra sempre no brechó, pelas boas peças que encontra, mas também faz suas doações para a AAPEC.

No novo brechó, em horário comercial, o visitante encontra peças selecionadas, higienizadas, com valores que vão de R$ 3 até R$ 40.

A abertura contou com a presença e a bênção do padre André Petermann, pároco de Barra Velha, e de Aldemiro Lima, também representante da comunidade católica. Nesta semana que inicia, está programada a visita e a bênção da pastora Renata Freire, da Igreja Bola de Neve.