Antídio Lunelli solicita agilidade nas obras de restauração do Museu Nacional do Mar

Foto: Divulgação

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

18/09/2023 - 08:09 - Atualizada em: 18/09/2023 - 08:27

Nesta semana, o deputado estadual Antídio Lunelli (MDB) encaminhou à Secretaria de Estado do Turismo e à Fundação Catarinense de Cultura (FCC), uma indicação solicitando agilidade nas obras de restauração para a reabertura do Museu Nacional do Mar, localizado em São Francisco do Sul.

A estrutura está temporariamente fechada desde novembro do ano passado para visitação. Enquanto isso, segue disponibilizando um tour virtual pelo espaço. Até 2022, o museu recebia, em média, 40 mil pessoas por ano, entre estudantes, pesquisadores e turistas.

“O local representa a diversidade do patrimônio naval brasileiro e das culturas ribeirinhas e litorâneas. Precisamos preservá-lo e dar o subsídio necessário para a reabertura”, aponta Lunelli.

Inaugurado oficialmente em 1992, o museu está instalado nos antigos armazéns da Empresa de Navegação da Cia Hoepcke, à beira da Baía da Babitonga, reunindo um acervo formado por 91 embarcações brasileiras, cerca de 150 miniaturas e farta bibliografia.

O Estado é o mantenedor da estrutura, através da FCC. Segundo informações, está em fase de análise um projeto de revitalização completa e preventivo de incêndio para o espaço.

No último dia 11 de agosto, quando São Francisco do Sul se tornou a capital do Estado de Santa Catarina, o governador Jorginho Mello autorizou o repasse de R$ 3 milhões para a FCC, visando a restauração do Museu Nacional do Mar.

“Esperamos que as obras sejam iniciadas com rapidez e que o espaço volte a receber o público em breve”, destaca o deputado. A indicação foi aprovada na Alesc e será encaminhada à Secretaria do Turismo.

Notícias no celular

Whatsapp