Alunos da rede municipal de Joinville interagem com atletas durante os Jogos Universitários

Fotos: Prefeitura de Joinville

Por: OCP News Joinville

17/10/2023 - 21:10 - Atualizada em: 17/10/2023 - 21:24

Por meio de uma iniciativa da Prefeitura de Joinville e dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), estudantes da rede municipal estão tendo contato com referências do esporte nacional. O objetivo dessa interação é conscientizar os estudantes que a atividade dentro da sala de aula é tão importante quanto a das quadras.

“Essas interações com os atletas são uma forma de mostrarmos aos nossos alunos como é possível aliar o esporte com a educação, além de serem vivências que estimulam a prática de atividades esportivas e ajudam no desenvolvimento de novos talentos”, explica o secretário de Educação, Diego Calegari.

 

 

Na manhã desta terça-feira (17), cerca de 70 alunos das sétimas séries da Escola Municipal Pauline Parucker tiveram um encontro com o jogador de basquete Thiago Cordeiro. “Não dá para jogar basquete sem estudar”, foram as primeiras palavras do atleta para os estudantes.

Thiago já integrou a seleção brasileira de basquete, atuou quatro anos na liga de basquete universitário dos Estados Unidos e jogou dois anos no Japão. Atualmente, Thiago dirige um clube de basquete em Roraima.

“Quando fui chamado para jogar nos Estados Unidos, outro atleta convidado perdeu essa grande oportunidade porque não tinha concluído o ensino médio. Ninguém pode abandonar os estudos. O que aprendi na universidade, nos Estados Unidos, é tão importante quanto o que realizei nas quadras”, ensina Thiago.

Além dos encontros com os atletas, alunos de escolas e CEIs do município têm a oportunidade de irem até a Expoville, sede das competições, e assistirem aos jogos. Desde o início dos JUBs, oito unidades de ensino já realizaram as visitas. E até o término das competições, no dia 21 de outubro, outras seis participarão da ação.

Thiago estava acompanhado, na quadra da Escola Municipal Pauline Parucker, de outros jogadores de basquete de Roraima: o atleta aposentado Lannet Santos de Oliveira e de Maikon Pereira, que disputa o JUBs em Joinville. “Nenhum atleta vai para frente sem estudar”, alerta Maikon.

Segundo Elaine Morellato, coordenadora de responsabilidade social da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), no Brasil ainda é forte uma cultura trazida pelo futebol, que faz com que muitos jovens pensem que podem largar os estudos e viverem só do esporte.

“Estamos tentando resgatar algo que o Brasil por muito tempo esqueceu, que é o esporte universitário. Temos que inspirar essas crianças a seguir o caminho do esporte lado a lado com os estudos”, explica Elaine.

A própria Elaine é um perfeito exemplo do que ela aconselha aos alunos. “Com 17 anos, eu era atleta da seleção brasileira de handebol. Recebi bolsa para jogar e estudar em Madrid, na Espanha, onde fiz gestão de esporte, uma das primeiras brasileiras a ter essa formação. E nunca parei de estudar. Fiz também as faculdades de direito, turismo, tenho três pós-graduações e conheci 50 países”, informa Elaine, que hoje, aos 49 anos, integra também a seleção brasileira master de handebol.

O estudante Henrique Alves de Souza ouviu atentamente os conselhos de Elaine e dos atletas do basquete. “O estudo pode proporcionar muitas opções para ter uma boa vida. E o esporte é importante para nossa saúde”, diz Henrique, que pratica artes marciais.

Sua colega Emile Cristina Andretto achou importante o tema discutido na escola. “O estudo é algo que vamos precisar para toda a nossa vida, não importa qual esporte a pessoa queira jogar profissionalmente”, opina a estudante.

Os JUBs Joinville são uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Ministério do Esporte, Prefeitura de Joinville e Federação Catarinense de Desporto Universitário (FCDU).