A WEG é a nova fornecedora oficial de estações de recarga para os veículos elétricos da DS Automobiliz na Argentina, marca do Grupo Stellantis.

O acordo, além de contemplar o fornecimento do modelo WEMOB Parking em todas as concessionarias exclusivas da DS no país, também vai beneficiar os clientes que adquirirem o novo modelo elétrico da marca, o DS 7 Crossback E-Tense.

Desenvolvidas para proporcionar uma excelente experiência aos usuários, permitindo instalações em ambientes internos ou externos, em garagens ou estacionamentos, a linha WEMOB (WEG Electric Mobility) tem design moderno e compacto.

Dois modelos serão fornecidos pela multinacional jaraguaense: o WALL de 7,4kW, que recarrega totalmente o DS7 Crossback E-Tense em duas horas, ideal para residências e condomínios; e o modelo PARKING de até 22kW, mais potente, ideal para estacionamentos com vagas compartilhados em condomínios, empresas, comércio, hotéis, shoppings e frotistas que dispõem de redes de energia trifásicas.

“A oferta de veículos eletrificados está crescendo em todo o mundo, por isso a WEG tem investido em tecnologias inovadoras para atender os mercados globalmente. Nossas soluções para recarga não só atendem todas as especificações técnicas que o segmento exige, como também oferecem rapidez na recarga e segurança aos usuários”, explica Manfred Peter Johann, Diretor Superintendente da WEG Automação.

No Brasil, a WEG já é a fornecedora oficial de estações de recarga para os veículos elétricos da Renault, Fiat, Peugeot e Citröen.

Outsourcing

O setor de tecnologia deve gerar 800 mil empregos no país até 2025, segundo dados da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), e a falta de mão de obra qualificada é um grande desafio. Para atender essa demanda, empresas estão apostando no serviço de outsourcing (terceirização). Um case de sucesso é a jaraguaense Lyncas, que viu na crise da pandemia do coronavírus uma oportunuidade para ampliar sua estrutura e fechou, em 2020, parceria com a Selbetti, de Joinville. Até então especializada em outsourcing de TI e de impressão, a Lyncas apoiou a Selbetti na criação de uma plataforma em nuvem única, 100% nacional, com diversos módulos e soluções de documentos, impressão, automatização de processos e assinatura eletrônica digital. Para isso, 50 profissionais foram incorporados à empresa joinvilense.

Estragégico

O coordenador de TI da Selbetti, Rafael Brych, classificou o outsourcing como "essencial" para conclusão da nova plataforma, chamada Satelitti. O CEO da Lyncas, Cleyton Hort, observa que, buscando profissionais de alta qualidade e expertise técnica, foi possível gerar um volume de entregas expressivo para a empresa joinvilense. “Acompanhamos o cliente na aceleração do processo de transformação digital e no roadmap da evolução de produtos importantes para essa jornada, onde a Selbetti saiu da fase on-premisse de venda de software e foi para a etapa de software como serviço, conceito mais atual do mercado”, explica. Ele ainda enfatiza que o investimento em outsourcing deve ser visto como um movimento estratégico. A iniciativa busca que as equipes internas se concentrem nas tarefas centrais e as equipes alocadas criem potencial para que a organização enfrente mais facilmente as mudanças do mercado.

Salário ideal

O salário mínimo ideal do brasileiro em janeiro de 2022 é de R$ 5.997,14. A projeção é do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O salário mínimo nominal, ou seja, o valor praticado, é de R$ 1.212,00. Essa diferença já chegou a dez vezes no início da série histórica, em 1994 e chegou a menos de quatro vezes entre 2017 e 2019.

 

Auxílios

O Auxílio Brasil, novo programa permanente de transferência de renda do governo federal, injetará mais de R$ 90 bilhões na economia de varejo durante 2022, informou ontem (7) o ministro da Cidadania, João Roma, em entrevista ao programa A Voz do Brasil. Segundo Roma, o governo também pagará um aditivo do auxílio emergencial - que vigorou até outubro de 2021 - a homens chefes de família. A verba, que inicialmente era prioritária para mulheres chefes de família, foi liberada para homens pelo Congresso Nacional no fim de 2021 e será paga em breve pela Caixa.

Energia

O ministro João Roma disse ainda que a concessão da Tarifa Social de Energia Elétrica também está vinculada ao cadastro do Auxílio Brasil, feito através do CadÚnico, e que já beneficia 24 milhões de famílias que recebem o desconto da tarifa de energia elétrica automaticamente na fatura. “Você que está em casa, verifique sua conta de luz”, alertou Roma, que lembrou ainda que o sistema seleciona automaticamente os cadastros aptos do CadÚnico e aplica o benefício. “Se não chegou o desconto e está em situação de necessidade, basta ir no Centro Regional de Assistência Social (CRAS) e atualizar o CadÚnico para receber o desconto”, complementou.

Legado

Foto: Divulgação

Faleceu ontem (8), aos 92 anos de idade, Hiltrudes Fantini Pereira, mais conhecida como “Dona Trude”, matriarca do Grupo Pereira - dono da Rede Fort Atacadista, Rede Comper de Supermercados, Bate Forte (distribuição), Vuon (serviços financeiros), Perlog (operações logísticas), Sempre Fort (farmácias). Nascida em Itajaí (SC), ela e o marido Ignácio Teodoro Pereira (in memoriam) começaram com uma pequena venda nos 1960 e foram responsáveis por criar o grupo, que hoje atua no varejo e atacado no ramo alimentício com unidades de negócios espalhadas em Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal.