Vexame histórico – Claudio Prisco Paraíso

Por: Claudio Prisco Paraíso

09/09/2023 - 07:09

 

Tivemos o primeiro 7 de Setembro neste país sob Lula III. Diferente, bem diferente dos últimos anos. Assim como a mídia chapa branca e velhaca durante a pandemia recomendava, figuras de esquerda também lançaram mão do mesmo bordão: fique em casa. Lembram?Agora os brasileiros mais à direita, mais conservadores ideologicamente falando, também recomendaram aos compatriotas que ficassem em casa na quinta-feira.

Até para não dar a impressão que se algum incidente viesse a se registrar fossem novamente responsabilizados como aconteceu na armação do desgoverno Lula em 8 de janeiro de 2023. Tendo à frente o energúmeno e asqueroso Flávio Dino, com a ajuda dele, sempre ele, o Zé, José Dirceu.

Foram eles que preparam todo aquele teatro, um espetáculo circense para responsabilizar os seguidores e adeptos de Jair Bolsonaro.Também para retirá-los da frente dos quarteis Brasil afora.

 

Todo poderoso

O ex-mito tinha tomado posse e o povo continuava protestando contra sua eleição. A deidade petista estava muito incomodada. Eles não podem ser contestados. Sabem tudo, entendem de tudo, conhecem tudo e jamais erram. Realmente, em pouquíssimo tempo, o Brasil estará com indicadores de primeiro mundo.

 

Observando

Neste 7 de Setembro aconteceu absolutamente nada. Não foi possível identificar uma imagem sequer mostrando a população nas ruas. Os esquerdopatas não deram o ar de sua graça. Nem mesmo a militância sustentada à base de mortadela ocupou o asfalto.

 

Roteiro

Lula da Silva participou do desfile e acenava apenas para os militares e para os áulicos bem pagos de sempre. Não havia povo. Um vazio absoluto nas ruas (até parecia o começo de uma nova pandemia!).

 

Ah tá

Com aquela balela toda de grande esquema de segurança para impedir protestos, bla bla blá. Mas não houve nada.

 

Armação

A esquerdopatia onipotente, onipresente e onisciente deste país já queria era dizer que haveria nova tentativa de golpe, etc. e tal. São uns farsantes patéticos, mentirosos, oportunistas, aproveitadores, prepotentes, desonestos em potencial. Esse é o grupo que comanda o Brasil atual.

 

País unido

Assim foi em Florianópolis, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, enfim. E o ex-mito se prestando a um papel de sessão pastelão, vergonhoso, acenando, tentando sorrir. Para quem cara-pálida? Para ninguém.

 

Isso é golpe

Mas a mídia velhaca e chapa branca mostrou o presidente acenando, sempre com imagens fechadas.Como ocorre na transmissão da TV Brasil, a oficial do desgoverno, tomando todos os cuidados para não mostrar imagens abertas, ampliadas. Porque estava tudo vazio.

 

Sumiram?

Aí vem um questionamento básico, natural, procedente, pertinente e providencial. Quem elegeu esse cidadão? Onde estão os eleitores de Lula da Silva? Os quase 60 milhões de brasileiros? Não estamos lançando dúvida sobre a apuração nem insinuando que houve fraude. Longe disso, imagina!

 

Incógnita

Onde estão seus eleitores, Lula? O ex-tudo do PT continua impedido de sair às ruas, em qualquer lugar deste país. Porque é vaiado, é apupado.

 

Curtindo a vida adoidado

Por isso, não para de viajar. Mas até no exterior ele tem merecido homenagens de brasileiros ou mesmo de cidadãos dos respectivos países que não têm uma boa imagem do descondenado, ex-presidiário que foi flagrado com a mão no baleiro. Um corrupto em potencial.

 

Contraste

Em compensação, Jair Bolsonaro é aplaudido e incentivado por onde passa.O colunista nunca foi um entusiasta do ex-presidente, mas ele é muito bem recebido por onde passa, pois fez um governo sério num período dos mais difíceis dos últimos 70 anos.

 

Rejeição absoluta

Diferentemente de Lula da Silva, uma figura nefasta, lamentável, não tem estatura moral para estar onde está.