ttt A balança comercial brasileira registrou um superávit (exportações maiores que importações) de US$ 6,03 bilhões no acumulado deste ano, até domingo. Em 2015, essa marca só foi atingida no mês de agosto. Na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foi contabilizado um déficit comercial (importações superiores às exportações) de US$ 6,08 bilhões, houve uma forte melhora. A reversão foi de US$ 12,1 bilhões no saldo comercial na parcial de 2016. Números oficiais mostram que a melhora do saldo comercial, neste ano, está relacionada principalmente com a forte queda das importações - em um cenário de economia em recessão e dólar valorizado. As vendas externas brasileiras também recuaram em 2016, mas em menor proporção. No acumulado deste ano, as exportações somaram US$ 31,04 bilhões, com média diária de US$ 646 milhões (queda de 5% sobre o mesmo período do ano passado). As importações, por sua vez, somaram US$ 25,01 bilhões, ou US$ 521 milhões por dia útil, uma queda de 35,2% em relação ao mesmo período de 2015.

* * *

Focus

O mercado financeiro melhorou sua estimativa de inflação para este ano, mas também passou a prever uma contração maior para o nível de atividade da economia brasileira em 2016. Para 2016, a expectativa do mercado para o IPCA, a inflação oficial do país, caiu de 7,59% para 7,46%. Apesar da queda, ainda permanece acima do teto de 6,5%. Já para o PIB de 2016, o mercado financeiro passou a prever uma contração de 3,54% na semana passada, contra uma retração de 3,50% estimada na semana anterior. Foi a oitava piora seguida do indicador.

* * *

Na Nicarágua 

Uma comitiva de Santa Catarina se reuniu com um integrante do alto escalão do governo da Nicarágua para avaliar as possibilidades de negócios. A comitiva conversou com o vice-ministro presidencial da Nicarágua, Álvaro Baltodano. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Chiodini, disse aos jornalistas que a Nicarágua representa uma oportunidade de investimento em manufatura, produção e agroindústria. Além disso, Chiodini enalteceu o clima de investimentos na Nicarágua e o considerou que o país oferece “muitas oportunidades”.

* * *

sandro ferrari

Dicas para um bom currículo

As pessoa que estão buscando novas oportunidades e desafios no mercado de trabalho almejam uma entrevista de emprego que é uma das fases de contratação, mas para que a empresa que se almeja trabalhar entre em contato para uma entrevista é muito importante elaborar um currículo que leve suas informações pessoais para contato e profissionais para despertar o interesse.

O currículo é uma importante ferramenta que descreve de forma resumida quem você é como profissional e sua evolução, suas habilidades, o que vem aprendendo e desenvolvendo, com qual frequência. É a porta de entrada para o início do processo seletivo, e é ele que irá despertar o interesse e a curiosidade para uma entrevista.

Seguem algumas dicas que considero importante para elaboração de um currículo:

• Antes de mais nada, cuidado com a o seu português, jamais utilize gírias ou abreviações. Recomendo entregar o currículo para duas pessoas lerem antes de você levar para alguma empresa;

• Dados pessoais: imagine que o entrevistador queira te encontrar e saber se você é casado, por exemplo, então é importante ter pelo menos as seguintes informações: nome completo, endereço, telefone, celular, e-mail, estado civil;

• Formação acadêmica: primeiro coloque suas especializações, depois os cursos de graduação e então sua formação fundamental;

• Formação profissional: pessoas que fazem cursos profissionalizantes são muito bem vistos nas entrevistas, coloque somente os cursos que têm a ver com o cargo que está pretendendo;

• Experiência profissional: fale de sua função no último emprego, ou se ainda está empregado, coloque a informação que seja relevante, quando iniciou nesta empresa, se foi promovido para outro cargo, que projetos relevantes você participou e quais foram suas funções. Da mesma forma, fale dos últimos três empregos, se teve outros serão pouco relevantes para seu currículo;

• Pretensão salarial: deixe para discutir este assunto na entrevista. Evite também colocar seus salários anteriores;

• Jamais faça xerox do currículo, ou entregue impresso em folhas frente e verso. Imprima sempre em folhas brancas A4, recomendado usar fonte Arial ou Verdana e entregar o mesmo dentro de um envelope, isso demostra organização e contará pontos a seu favor.

Um coaching executivo poderá te ajudar muito em um direcionamento profissional bem como a elaborar seu currículo.