Projeto Escola Vai ao Teatro tem peças abertas para o público em geral

Projeto Escola Vai ao Teatro tem peças abertas para o público em geral Projeto Escola Vai ao Teatro tem peças abertas para o público em geral

Colunistas

Por: OCP News Jaraguá do Sul

terça-feira, 10:55 - 20/09/2016

OCP News Jaraguá do Sul
TEATRO De Malas Prontas - Foto Luis Brusque Começou ontem e segue até dia 22, mais uma edição do projeto Escola Vai ao Teatro. A iniciativa abre as portas do Centro Cultural da Scar para que crianças, adolescentes e adultos tenham acesso a essa manifestação, contribuindo também para a formação de plateia a um preço acessível. Ao todo, serão apresentadas seis peças diferentes em horários na manhã e tarde, para atender as escolas. As peças de hoje e amanhã (21), às 20 horas, “De Malas Prontas” da Pé de Vento Teatro, e “O(a) noivo(a) virtual do Dr. Frankenstein” do Grupo de Teatro Davi, respectivamente, são abertas para o público em geral. Os ingressos custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia-entrada). Mais informações pelo 3275-2477. Programação aberta para a comunidade: DE MALAS PRONTAS (Pé de Vento Teatro - Florianópolis) 20/09 - 20h - Grande Teatro Classificação: a partir de 14 anos “De Malas Prontas” é uma comédia irreverente sem fala, que conta a história de duas mulheres obrigadas a compartilhar o mesmo banco de um aeroporto. No desenrolar do espetáculo se percebe que compartilhar não é tão fácil assim e, os conflitos se sucedem velozmente até a situação chegar a um ponto sem retorno, e só há uma saída: A GUERRA! De maneira bem humorada mergulha-se no mundo dos conflitos que povoam nosso cotidiano e da vil batalha que enfrentamos em nosso dia a dia para lograr e sobreviver. O(A) NOIVO(A) VIRTUAL DO DR. FRANKENSTEIN (Grupo de Teatro Davi - Jaraguá do Sul) 21/09 - 20h - Pequeno Teatro Classificação: a partir de 14 anos A comédia traz uma dinâmica contemporânea à antiga história de Frankenstein, acrescentando elementos advindos da vida moderna: redes sociais, relacionamentos virtuais, diversidade sexual e identidade de gênero. É uma inusitada atualização dos personagens do cientista louco (que não se atém à ética ou à moral em seus experimentos), do lacaio corcunda (que se porta ora como um homem inteligente e ora é dominado por seus instintos primitivos) e do(a) noivo(a) virtual do Dr. Viktor, cujo mistério, que permeia toda a trama, talvez seja revelado ao espectador no final do espetáculo
×