Previsão: mercado vê mais inflação e retração menor do PIB em 2016

Colunistas

Por: OCP News Jaraguá do Sul

terça-feira, 04:00 - 14/06/2016

OCP News Jaraguá do Sul
Segundo relatório Focus, do Banco Central, a previsão do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano subiu de 7,12% para 7,19%. Foi a quarta alta seguida do indicador de inflação. Com isso, a taxa prevista permanece acima do teto de 6,5% do sistema de metas e bem distante do objetivo central de 4,5% fixado para 2016. Na semana passada, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o IPCA voltou a acelerar e atingiu 0,78% em maio. De janeiro a maio, o IPCA acumula avanço de 4,05% e, em 12 meses, somou 9,32%. Para 2017, a estimativa do mercado financeiro para a inflação ficou estável em 5,5%. Deste modo, permanece abaixo do teto de 6% - fixado para 2017 - mas ainda longe do objetivo central de 4,5% para o IPCA no período. No caso do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, o mercado passou a prever uma contração de 3,60% para o nível de atividade, contra a estimativa anterior de um “encolhimento” de 3,71% em 2016. Foi a quarta semana seguida de melhora do indicador.

* * *

Rentáveis e românticos

landscape-1438612956-hbz-gisele-tom-gettyimages-index

Com o Dia dos Namorados, no domingo 12 de junho, a agência iFruit levantou quais são os casais de famosos brasileiros mais admirados nas redes sociais. O primeiro lugar é ocupado por Gisele Bündchen e Tom Brady, que são casados desde 2009 e chegam a ter fotos curtidas por mais de 280 mil pessoas. Em segundo lugar aparecem Kéfera Buchmann e Gustavo Stockler. O casal youtuber conquista cerca de 240.000 curtidas nas redes sociais com suas fotos juntos. Donos de canais populares no YouTube – 5incominutos o dela, com mais de 8,5 milhões de inscritos, e Nomegusta o dele, com mais de 3,5 milhões de inscritos – eles começaram a namorar após um pedido via aplicativo Snapchat. Em terceiro estão Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert, que acumulam mais de 217.000 curtidas com suas fotos postadas nas redes sociais.

* * *

Venda de armas recorde

As compras da região Ásia-Pacífico foram o principal motivo do crescimento das vendas mundiais de armas, que, em 2015, alcançaram a cifra recorde de US$ 65 bilhões. As importações de armamento dos países dessa região cresceram 71% entre 2009 e 2016, contribuindo para um aumento de 11,3%, ou US$ 6,6 bilhões, do mercado mundial de armas no ano passado. No entanto, os principais importadores de armas em 2015 foram a Arábia Saudita e a Índia, seguidos pela Austrália, Egito e Coreia do Sul. O ranking de exportações de armas em 2015 é liderado pelos Estados Unidos (US$ 22,691 bilhões), seguido pela Rússia (US$ 7,44 bilhões), Alemanha (US$ 4,77 bilhões), França (US$ 4,77 bilhões) e Reino Unido (US$ 3,89 billhões).

* * *

Acordos Trabalhistas

A Justiça do Trabalho deu início ontem à 2ª Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, iniciativa do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) para acelerar a solução de processos. No ano passado, o evento arrecadou R$ 446 milhões em todo o país, sendo R$ 10 milhões em Santa Catarina. A previsão é que sejam realizadas mais de 500 audiências no Estado. Em 2015, o Tribunal Regional de Santa Catarina obteve o segundo melhor índice de conciliação de toda a Justiça do Trabalho, fechando acordo em 48% dos processos julgados na primeira instância. As varas do trabalho que mais conciliaram foram as de Videira (85%), Fraiburgo (79%), Canoinhas (75%), Chapecó (66%) e São Bento do Sul (64%).

* * *

US$ 26 bilhões

A Microsoft anunciou ontem a compra do Linkedin, principal rede social para contatos profissionais, por US$ 26,2 bilhões.A dona do Windows concordou em pagar US$ 196 por ação do site de relacionamento corporativo. O atual presidente-executivo do LinkedIn, Jeff Weiner, continuará à frente da empresa e se reportará a Satya Nadella, presidente-executivo da Microsoft.  A aquisição é uma das mais caras da história da Microsoft, considerando os valores nominais dos negócios cujos termos foram anunciados. A maior transação até agora havia sido a compra do Skype, em 2011, por US$ 8,5 bilhões.

* * *

professor vitor

Segurança pública e projeto comunitário

Será assinado hoje um convênio entre o 14º Batalhão de Polícia Militar de Jaraguá do Sul e o Centro Universitário da Católica de Santa – CATÓLICASC, destinado a desenvolver, através do Projeto Comunitário, de um software para auxiliar no controle dos presos apenados em Regime Aberto, cujo sistema será capaz de armazenar informações sobre os mesmos, além de compartilhar simultaneamente estes dados com o setor judiciário. Este termo de parceria teve início numa reunião preliminar entre o Capitão Cremilson Nicélio Veloso, comandante da 1ª Cia / Chefe da Agência de Inteligência 14º Batalhão de Polícia Militar, o prof. Raphael Rocha Lopes, representando a Associação dos Amigos do 14 BPM, o coordenador do Curso Sistemas de Informação, prof. Mauricio Henning, e o Prof. Victor Alberto Danich, diretor do JaraguaTec.

Na oportunidade, tratou-se da participação, por meio do Projeto Comunitário, coordenado pela professora Dra. Diva Spezia Ranghetti, da participação dos acadêmicos alocados no Laboratório Experimental de Software do Curso de Sistemas da Informação. É importante destacar que o Projeto Comunitário foi instituído na Católica de Santa Catarina a partir da reestruturação curricular dos cursos de graduação, em 2010, através uma grade curricular de 30 horas, direcionado à formação humana e cidadã dos acadêmicos, de acordo com a missão do projeto pedagógico da instituição. Esta, por sua vez, entende que o Ensino Superior tem a ver com a formação de profissionais para o mundo do conhecimento e da tecnologia, mas também da relação destes com a sociedade, por meio do desenvolvimento da sensibilidade social e da prática de cidadania.

Nesse sentido, a universidade “constitui-se em espaço/tempo de ampliação dos referenciais de mundo e de vida que os sujeitos habitam, contribuindo para o crescimento pessoal, profissional e para a vida em comunidade”. As atividades realizadas pelo Projeto Comunitário através de ações desenvolvidos em parceria com entidades da sociedade, ou mesmo organizados pela própria instituição de ensino superior, estão centradas no fortalecimento do emprego e na geração de renda, no desenvolvimento urbano sustentável, na segurança pública e na defesa e disseminação dos direitos humanos, na integração e autonomia dos municípios, na melhoria da qualidade de vida das comunidades e na promoção da cultura como fator de desenvolvimento humano, além de outras ações de interesse público e privado.

×