Pelo Estado: Convicto que chegaria ao segundo turno, Décio Lima busca novas alianças e propõe governo plural em SC

Divulgação

Por: Pelo Estado

05/10/2022 - 05:10

Décio Lima, candidato da Frente Democrática ao governo de Santa Catarina, tinha plena convicção que chegaria ao segundo turno. Falava isso com todas as letras. Agora que chegou, trata de aglutinar o maior apoio possível num Estado de maioria bolsonarista que, aliás, foi surpreendido pela resiliência do PT. Em Florianópolis, por exemplo, com 24% dos votos válidos, Décio foi o segundo mais votado, atrás apenas do ex-prefeito Gean Loureiro (33%) e na frente de Jorginho Mello (22%). Entre as 11 maiores cidades catarinenses, o candidato do PT também encostou no do PL em Chapecó, onde Décio fez 27% e Jorginho, que é do Grande Oeste, fez 29%.

A Capital foi a única, entre as maiores cidades, onde os presidentes Lula e Bolsonaro ficaram mais próximos, com 42% para o primeiro e 45% para o segundo. Nas demais, o atual presidente fez o dobro e até o triplo da votação de Lula, chegando a 68% em Joinville e Balneário Camboriú e a 66% dos votos válidos em Blumenau e Itajaí.

Durante o primeiro turno, Décio insistiu que Bolsonaro é que não gosta dos catarinenses. Agora, é nova eleição, e ele pretende se apresentar como o gestor, que foi prefeito reeleito em Blumenau, e suas propostas para infraestrutura, saúde e educação num governo que será plural. Também vai lembrar o legado dos governos Lula em Santa Catarina.

Serão 10 minutos diários de propaganda de TV, cinco de manhã e cinco à noite, a partir de sexta-feira. A candidatura vai manter a mesma equipe do primeiro turno e Décio encarrega-se pessoalmente da articulação de novos apoiadores, espelhando as novas adesões à candidatura de Lula.

O União Brasil de Gean Loureiro e o PSD de Raimundo Colombo, por exemplo, foram procurados também aqui. Tanto quanto apostar em eventuais desacertos ainda abertos com o concorrente Jorginho Mello, a candidatura acena com a possibilidade de vitória de Lula no Brasil.

Feliz com tudo

Divulgação

Tudo na vida depende do referencial. Décio Lima, que chegou em segundo lugar ao segundo turno para o governo de Santa Catarina, anda bem feliz e com sentimento de vitória. Para quem viveu as eleições de 2018, explica ele, quando ninguém queria lhe ouvir e sofria agressões, ter feito com Lula o maior comício da história de Santa Catarina na Praça Tancredo Neves, foi um feito. Ele percorreu 230 municípios no primeiro turno. Para ele e sua candidata a vice, Bia Vargas, a vida das pessoas vai pesar na escolha. “Não é uma eleição qualquer, as pessoas não querem um futuro incerto, por isso não deu a terceira via. As pessoas abominam o presente, estão com saudades do passado e o passado é Lula”, disse ele na semana final de campanha.

Combate à fome

A Federação das Indústrias apoia o Banco de Alimentos de Santa Catarina, iniciativa do Rotary Clubes Florianópolis Leste e Jurerê, para destinar 97 mil toneladas de alimentos por ano às instituições que atendem famílias pobres. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de SC, mais de 185 mil famílias vivem em situação de pobreza. “Queremos agir em conjunto com as demais forças da sociedade para erradicar o flagelo da fome e restaurar a dignidade e a segurança alimentar e nutricional da população carente do estado”, afirmou o presidente do Conselho de Administração do Banco de Alimentos, Jaime Ziliotto, na inauguração. Pequenas doações podem ser levadas ao banco instalado no Sesi, em Campinas, São José. As maiores terão logística de coleta.

Crédito na loja

A Federação das CDLs de Santa Catarina e o Fatori Bank apresentaram ontem a fintech MeConta. O banco digital para pagamento de compras, antecipação e empréstimos é direcionado a mais de 44 mil lojistas e milhões de consumidores no Estado. Por meio de aplicativo, os varejistas poderão oferecer crédito, condições especiais de pagamento e outras facilidades – como pagamento de contas antes exclusivas em bancos e lotéricas nas próprias lojas. Sócia da operação, a Fatori Bank disponibilizou inicialmente um total de R$ 50 milhões para que os lojistas possam conceder crédito. Os recursos serão ampliados de acordo com o apetite do mercado que começa por Palhoça, depois Criciúma e Rio do Sul. Ano que vem, deve chegar as 208 CDLs catarinenses associadas.

Mais eficiente

Prefeitura de Fraiburgo implementou tecnologia que permite a publicação automática, em apenas 10 segundos, de atos que legalmente devem ser divulgados no Diário Oficial dos Municípios (DOM). A ferramenta, desenvolvida pela catarinense IPM Sistemas, especializada em softwares em nuvem para gestão pública municipal, evita que servidores gastem tempo executando as tarefas repetitivas necessárias para organização e publicação de conteúdos. Prefeito do município, Wilson Ribeiro Cardoso Junior, destacou que a iniciativa é parte de um projeto mais amplo, liderado pelo secretário de Administração Rui Braun. A digitalização da administração deve gerar ganhos de eficiência no atendimento à população.

Mais fácil

Moradores de todos os municípios atendidos pela Celesc em Santa Catarina passam a receber, agora em outubro, suas faturas de energia elétrica em formato de boleto bancário. A novidade permite que o pagamento da conta seja efetuado em qualquer instituição bancária, casa lotérica, internet banking, aplicativos de bancos, caixa eletrônico, banco digital e correspondente bancário, mesmo até seis meses após o seu vencimento. De acordo com o gerente financeiro da Celesc, Fernando Yamakawa, o benefício que agora alcança todos os consumidores, vinha sendo disponibilizado desde junho, primeiro para o Grupo A, de alta tensão, depois para faturas por e-mail e moradores de São Bento do Sul, Rio Negrinho e Campo Alegre. Se o cadastro estiver desatualizado, as faturas sairão no formato antigo para pagamento restrito a 12 instituições financeiras.